A infraestrutura em nuvem: um motor de inovação e transformação corporativa

Cloud
Imagem: Freepik

A era digital trouxe uma oportunidade sem precedentes para promover novos modelos de negócios na internet, que se adaptam aos novos hábitos de consumo e às necessidades dos clientes. Embora isto tenha criado vantagens significativas para o crescimento das empresas, também está exercendo uma pressão sem precedentes nas áreas de TI, que devem alinhar a infraestrutura à dinâmica do negócio e, ao mesmo tempo, otimizar os recursos de forma inteligente para oferecer os níveis de serviço que as organizações precisam ter.

Como resultado, os departamentos de TI enfrentam o desafio de ajustar seus processos, tecnologias e capacidades de forma rápida e efetiva para atender às novas demandas do negócio. Nestas circunstâncias, a computação em nuvem surgiu como um recurso essencial para promover a inovação e a transformação corporativas, pois este tipo de infraestrutura oferece a agilidade, flexibilidade e o controle necessários para melhorar a entrega de aplicações e serviços, e causar um impacto positivo na estratégia de negócios.

Segundo um estudo publicado na Harvard Corporate Review, 70% das organizações já adotaram alguma forma de serviços em nuvem e 74% indicam que a computação em nuvem proporcionou uma vantagem competitiva para suas organizações. Estes dados oferecem uma perspectiva geral dos benefícios que uma empresa pode obter em uma infraestrutura de nuvem após a implementação de suas próprias aplicações. 

Infraestrutura da nuvem, a coluna vertebral de uma empresa

Frente às demandas por uma melhora na agilidade, flexibilidade e para manter os recursos de informática seguros, a infraestrutura na nuvem foi posicionada como um pilar fundamental para a operação e o crescimento das organizações. A adoção da infraestrutura em nuvem se tornou uma estratégia essencial para a competitividade e o sucesso a longo prazo, portanto as empresas que decidirem adotar esta tecnologia estarão construindo sua liderança no mercado.

Mas, o que exatamente é infraestrutura na nuvem e por que as empresas estão recorrendo a ela? A infraestrutura na nuvem, normalmente conhecida como cloud computing, é um modelo que permite às empresas acessar e utilizar recursos de informática através da Internet, sem a necessidade de possuir ou administrar servidores físicos ou outros componentes de hardware. Estes recursos incluem capacidade de processamento, armazenamento seguro de dados, conectividade, software e serviços diversos, todos hospedados em centros de dados remotos e gerenciados de forma inteligente e segura por provedores de serviços na nuvem.

Na era digital, a TI é o coração de qualquer empresa e a forma como administramos e utilizamos a tecnologia determina nossa capacidade para inovar, competir e crescer. Neste contexto, a adoção de serviços de cloud computing representa a coluna vertebral da inovação e transformação corporativas, uma ferramenta essencial tanto para as áreas de TI quanto para o negócio de forma geral.

Boas razões para recorrer à infraestrutura de computação na nuvem

Falar de vantagens da computação em nuvem não se trata apenas de destacar os benefícios oferecidos por uma tecnologia; trata-se também de considerar sua importância como habilitador da inovação e transformação corporativas. Existem motivos importantes pelos quais a adoção deste tipo de infraestrutura está crescendo nas empresas.

  • Agilidade e flexibilidade. Uma das vantagens mais evidentes da computação na nuvem é sua capacidade de fornecer agilidade e flexibilidade na gestão de cargas de trabalho, o que permite que as organizações de TI se adaptem rapidamente às demandas dinâmicas de seus negócios, sem a necessidade de implementar mais estrutura física de TI. Isto é fundamental para que as empresas possam inovar e se adaptar com rapidez às oportunidades que surgem.
  • Latência mínima e desempenho máximo. computação na nuvem é um facilitador da latência mínima, o que significa que as aplicações podem funcionar de forma mais eficiente e rápida. Com uma arquitetura de TI bem desenhada baseada em nuvem, as empresas podem garantir que seus serviços sejam entregues com a menor latência possível, o que é essencial em aplicações de alto desempenho e em cenários onde cada milissegundo conta.
  • Redução de custos. A computação em nuvem também ajuda a eliminar significativos gastos de capital na compra e manutenção de servidores físicos e outros equipamentos de informática. Além disso, as empresas podem pagar pelos recursos que utilizam segundo um modelo de pagamento por uso, o que reduz os custos operacionais.
  • Eficiência operacional. A gestão da infraestrutura na nuvem pode ser terceirizada a provedores de serviços. Isto se traduz em um ambiente de desenvolvimento mais eficiente, no qual as equipes de TI podem focar em criar soluções inovadoras ao invés de se preocupar com a infraestrutura subjacente.
  • Inovação e velocidade. A nuvem acelera o ciclo de desenvolvimento e a implementação de aplicações, incentivando as empresas a inovar mais rapidamente e levar seus novos produtos e serviços ao mercado em uma velocidade sem precedentes.
  • Segurança e continuidade do negócio. Os provedores de serviços na nuvem investem em medidas de segurança e oferecem soluções de backup e recuperação de desastres. Isto garante a disponibilidade de dados e aplicações, inclusive depois de uma contingência, o que é essencial para a continuidade do negócio em empresas com operações de missão crítica.

A adoção estratégica da nuvem é essencial para manter-se competitivo e relevante no panorama corporativo atual. É o caminho para a agilidade, a eficiência e a capacidade de resposta que as empresas precisam para vencer no mundo atual.

As empresas precisam deixar de ver a computação na nuvem como uma simples tecnologia e começar a enxergá-la como uma aliada indispensável para promover a inovação e a transformação digital. As organizações de TI e os executivos de áreas de negócios que adotarem esta tecnologia estarão mais bem preparados para enfrentar os desafios de um mercado dinâmico.

*Por: Juan José Calderón, Diretor de Data Center & Cloud na Cirion Technologies


Leia também
Gastos mundiais com TI crescerão 6,8% em 2024, prevê Gartner
Gastos mundiais com TI crescerão 6,8% em 2024, prevê Gartner

O Gartner prevê que as despesas mundiais com TI totalizarão 5 trilhões de dólares em 2024, representando um aumento de […]

TeamViewer anuncia integração com Lansweeper
TeamViewer anuncia integração com Lansweeper

A TeamViewer anuncia integração da plataforma de gestão de ativos de TI Lansweeper à tecnologia TeamViewer de monitoramento e gerenciamento […]

Na era dos dados: como processos de TI aceleram a construção de valor nas empresas
Na era dos dados: como processos de TI aceleram a construção de valor nas empresas

Estudo revela que investimentos em transformação digital nas companhias devem chegar a US$7,3 trilhões em 2023 Em um cenário global […]

Organização em empresas de TI: 5 dicas para manter o seu negócio bem estruturado
Organização em empresas de TI: 5 dicas para manter o seu negócio bem estruturado

Quando falamos em corporações com foco em tecnologia, manter o ritmo de trabalho organizado é ainda mais importante. Normalmente, nesse […]

85% das organizações com acesso remoto à área de trabalho estão vulneráveis a ataques de ransomware
85% das organizações com acesso remoto à área de trabalho estão vulneráveis a ataques de ransomware

De acordo com o relatório mais recente da Unit 42, 80% das exposições de segurança estão presentes em sistemas em […]