O que são as redes quânticas e o quanto estão próximas de transformar os negócios

redes quânticas
Imagem: Freepik

A tecnologia, destacada como uma das mais promissoras para os próximos anos, reflete a nova fronteira da conectividade corporativa

Em um mundo cada vez mais interconectado, as tecnologias emergentes assumiram a dianteira na configuração do futuro corporativo.  Dentro desta revolução tecnológica, um termo vem capturando a atenção tanto de especialistas quanto de líderes empresariais: as redes quânticas, ou “quantum networking”.  Essencialmente, essas redes representam uma nova fronteira na transmissão de informação, aproveitando os princípios da mecânica quântica para revolucionar a conectividade corporativa.  Destacadas no relatório “Hype Cycle for Enterprise Networking 2023”, da Gartner, é importante pausar um instante e entender sua abrangência.

As redes quânticas, em termos simples, implicam a transmissão de informações entre dispositivos conectados, utilizando propriedades únicas de partículas subatômicas para armazenar e transferir dados.  Através da sobreposição e entrelaçamento de partículas, estabelece-se uma conexão altamente segura e eficiente, capaz de superar as limitações das redes clássicas.

Essas redes são utilizadas em diversas aplicações corporativas, desde a criptografia quântica, que garante uma segurança robusta na transmissão de dados confidenciais, até a computação quântica distribuída, que permite às empresas realizar cálculos complexos de forma mais eficiente e rápida do que nunca.  Além disto, as redes quânticas têm o potencial de transformar setores como a logística, o atendimento de saúde e a pesquisa científica, fornecendo comunicação e análise de dados mais precisas e rápidas.

Gráfico Gartner

Benefícios para o negócio e o panorama corporativo

A integração das redes quânticas nas operações corporativas pode implicar uma série de benefícios significativos.  Em primeiro lugar, uma segurança melhor garante a proteção de dados sensíveis, o que é fundamental em um mundo onde a privacidade e a proteção da informação se tornaram essenciais.  Ao fornecer uma camada adicional de segurança através da criptografia quântica, as redes quânticas podem proteger as empresas contra as ameaças cibernéticas avançadas e os ataques maliciosos.

 Adicionalmente, a capacidade de realizar cálculos complexos de forma mais eficiente pode aumentar a produtividade e a inovação em diversos setores.  As empresas podem realizar análises de dados avançadas mais rapidamente, o que permite que tomem decisões informadas em tempo real e se adaptem logo às condições dinâmicas do mercado.  Estas agilidade e capacidade de resposta podem ser a chave para manter-se competitivo em um ambiente corporativo dinâmico e em constante evolução. 

Olhando para o futuro

As redes quânticas ainda estão em uma etapa incipiente de adoção generalizada.  Mas, não resta dúvida: representam uma evolução crucial na infraestrutura corporativa, oferecendo uma combinação única de segurança aprimorada e capacidades avançadas de processamento.  Segundo a análise de mercado realizada pela Gartner, a promessa é concreta e devemos testemunhar o momento de plenitude desta tecnologia nos próximos 10 anos, prazo que, em termos de tecnologia e negócios, representa apenas um piscar de olhos.  

Alejandro Girardotti
Imagem: divulgação

Por: Alejandro Girardotti  – Diretor Sênior de Produto, Inovação & Parcerias Estratégicas na Cirion Technologies


Leia também