NVIDIA anuncia gêmeo digital do clima da Terra

Earth-2
Imagem: divulgação / Sing Comunicação

Weather Company e a Administração de Meteorologia de Taiwan estão entre os primeiros a adotar as novas APIs da Nuvem Earth-2, utilizando IA para acelerar a criação de simulações de alta resolução e visualização do clima global e do tempo em uma escala inovadora de 2 quilômetros

Para acelerar os esforços para combater os US$ 140 bilhões em perdas econômicas devido às condições climáticas extremas provocadas pelas mudanças climáticas, a NVIDIA anuncia sua plataforma de nuvem digital gêmea climática Earth-2 para simular e visualizar o tempo e o clima em uma escala sem precedentes.

Parte dos microsserviços NVIDIA CUDA-X™, anunciados separadamente, as novas APIs de nuvem da Earth-2 no NVIDIA DGX Cloud™ permitem que praticamente qualquer usuário crie emulações alimentadas por IA para acelerar a entrega de simulações interativas e de alta resolução que vão desde a atmosfera global e cobertura de nuvens locais para tufões e turbulências.

“Os desastres climáticos agora são normais: secas históricas, furacões catastróficos e inundações geracionais aparecem nos noticiários com uma frequência alarmante”, diz Jensen Huang, fundador e CEO da NVIDIA. “As APIs de nuvem Earth-2 se esforçam para nos ajudar a nos preparar melhor para – e nos inspirar a agir para moderar – condições climáticas extremas.”

IA generativa inovadora para tecnologia climática

As APIs da Earth-2 oferecem modelos de IA e empregam um novo modelo de IA generativo da NVIDIA chamado CorrDiff, usando modelagem de difusão de última geração, que gera imagens com resolução 12,5x maior do que os modelos numéricos atuais, 1.000x mais rápido e 3.000x mais eficiente em termos de energia. Ele corrige imprecisões de previsões de resolução grosseira e sintetiza métricas críticas para a tomada de decisões. CorrDiff é um modelo generativo de IA inédito para fornecer super-resolução, sintetizar novas métricas de interesse para as partes interessadas e aprender a física do clima local em escala precisa a partir de conjuntos de dados de alta resolução.

A Administração Central de Meteorologia de Taiwan planeja utilizar estes modelos de difusão para prever localizações mais precisas da chegada do tufão. Quando é lançado um alerta de tufão, a prioridade é minimizar as vítimas, realizando evacuações antecipadas com base em informações de qualidade geradas pelas agências relevantes, incluindo o Centro Nacional de Ciência e Tecnologia para Redução de Desastres (NCDR) de Taiwan. Na última década, o número de mortos devido a tufões caiu.

“Taiwan é um componente crítico da cadeia de abastecimento global, e a análise de risco de inundação e a preparação para a evacuação são fundamentais para o nosso mandato”, diz Chia-Ping Cheng, administrador da CWA. Com mais de 136 tufões atingindo a ilha desde 2000, usar o Earth-2 para mitigar esses impactos é fundamental para melhorar a qualidade e a resolução da informática sobre desastres, disse o NCDR.

Outro componente importante das APIs de nuvem Earth-2 é o NVIDIA Omniverse™, uma plataforma de computação que permite que indivíduos e equipes desenvolvam fluxos de trabalho e aplicações 3D baseados em Universal Scene Description (OpenUSD).

A Weather Company, líder global em previsão e insights de dados meteorológicos, planeja integrar seus dados meteorológicos e ferramentas Weatherverse com Omniverse, permitindo que os clientes que criam gêmeos digitais entendam e visualizem melhor o impacto das condições climáticas reais pela primeira vez. A Weather Company também planeja explorar o uso de IA generativa baseada em pontuação da NVIDIA para seus serviços Weatherverse, solução Weather Engine para inteligência meteorológica de nível empresarial e novos produtos de modelagem meteorológica de alta resolução.

“Para ajudar a enfrentar com eficácia os desafios atuais e futuros relacionados ao clima, é fundamental agora, mais do que nunca, incorporar dados e insights meteorológicos reais confiáveis e em escala global em ambientes de gêmeos digitais para melhor analisar, planejar e simular os impactos do clima”, destaca Sheri Bachstein, CEO da The Weather Company. “Trabalhamos com a NVIDIA há anos na aceleração de GPU do GRAF, nossos sistemas proprietários de modelagem climática, e planejamos adotar APIs Earth-2 para criar simulações de maior resolução e eficiência energética a um custo menor.”

Outros primeiros a adotar APIs Earth-2 incluem empresas de plataformas de análise meteorológica como Spire e Meteomatics, que podem aproveitar suas fontes de dados proprietárias e assimilação de dados para produzir previsões precisas, bem como startups Tomorrow.io, north.io e ClimaSens, que estão explorando novas soluções para aplicações de tecnologia climática.

“Estamos diante de uma oportunidade sem precedentes para utilizar a tecnologia como aliada na mitigação dos impactos das mudanças climáticas e na prevenção de desastres naturais. Com a plataforma de nuvem digital gêmea climática Earth-2 da NVIDIA, podemos acelerar significativamente nossos esforços para combater as perdas econômicas decorrentes de condições climáticas extremas. Esse é um grande avanço para nosso meio ambiente”, complementa Marcio Aguiar, diretor da divisão Enterprise da NVIDIA para América Latina.

Computação baseada em nuvem DGX

As APIs Earth-2 usam DGX Cloud para fornecer aceleração full-stack para soluções climáticas e meteorológicas. Isso inclui pipelines de IA ideais para modelos como FourCastNet, GraphCast e Deep Learning Weather Prediction. Ele também inclui aceleração de GPU de modelos numéricos de previsão do tempo, como o ICON, nos sistemas NVIDIA Grace Hopper™ mais recentes. Rodando nos supercomputadores NVIDIA DGX GH200, HGX™ H100 e OVX™, o Earth-2 pode fornecer um caminho para simular e visualizar as simulações climáticas globais em velocidade e escala sem precedentes.

*Fonte: Sing Comunicação


Leia também
Ampla abertura: NVIDIA acelera a inferência no Meta Llama 3
Ampla abertura: NVIDIA acelera a inferência no Meta Llama 3

Mais recente grande modelo de linguagem de código aberto da Meta — construído com tecnologia da NVIDIA — é otimizado […]

Gartner anuncia as principais tendências de tecnologia para governos em 2024
Gartner anuncia as principais tendências de tecnologia para governos em 2024

O Gartner apontou as cinco tendências tecnológicas-chave para governos em 2024, que podem direcionar líderes do setor público a prover […]

Web Summit Rio: Brasil e Angola apresentam avanços de parceria tecnológica
Web Summit Rio: Brasil e Angola apresentam avanços de parceria tecnológica

Serpro e Ministério das Finanças da República de Angola firmaram acordo para aprimoramento tecnológico em novembro de 2023. Primeiros resultados […]

Arena Senac RJ terá executivos de big techs no segundo dia de Web Summit Rio
Arena Senac RJ terá executivos de big techs no segundo dia de Web Summit Rio

No primeiro dia do evento, abertura institucional ressaltou a importância do evento para consolidar o Rio de Janeiro como um […]

Para Huawei, demanda pelo 5G é alta e operadoras já percebem retorno financeiro da rede
Para Huawei, demanda pelo 5G é alta e operadoras já percebem retorno financeiro da rede

A monetização do 5G, atualmente, é um dos desafios para ampliar a cobertura no país. O setor segue à espera de uma […]