Mercado Pago lança funcionalidade para usuário organizar seu dinheiro e concretizar objetivos financeiros

Mercado Pago
Imagem:

Só no último trimestre, mais de 17 milhões de brasileiros deixaram seu dinheiro rendendo no Banco Digital

No segundo trimestre do ano, 17,3 milhões de brasileiros deixaram seu dinheiro rendendo em suas contas do Mercado Pago. E pensando nos usuários que buscam organizar as finanças e obter os melhores rendimentos, o Mercado Pago acaba de lançar Reservas, produto que vai apoiá-los na jornada de desenvolvimento financeiro. 

A ferramenta se divide em três grandes categorias: Organização, Pé-de-meia e Emergências. Tão simples quanto colocar o dinheiro em uma poupança, a nova funcionalidade permite ao cliente ter suas finanças organizadas no banco digital, com visibilidade e o dinheiro rendendo. Destaque para a opção de poder fazer o resgate do valor investido em qualquer momento do dia todos os dias da semana. 

Todas as categorias permitem criar espaços personalizados, fixar valores específicos para alcançar, organizar as finanças para as despesas mensais, viabilizar diferentes projetos que envolvem juntar dinheiro e se resguardar para cobrir despesas inesperadas. Cada espaço pode ser sinalizado por até 13 ícones diferentes, que contribuem para que o usuário possa diferenciar cada Reserva e associá-la a seu objetivo, com possibilidade de definir uma meta ou valor final. Assim, é possível acompanhar e compreender a evolução em relação às metas que foram criadas no aplicativo e alterá-las a qualquer momento. 

App Mercado Pago 

“O produto foi desenvolvido com base no comportamento recorrente de boa parte dos brasileiros. Normalmente, recebem, pagam as contas e somente depois disso tentam formar uma reserva de emergência e começam a investir”, revela o diretor sênior de banco digital do Mercado Pago, Ignacio Estivariz. Ele completa: “com as Reservas, além da isenção do IOF,  o usuário pode usufruir da remuneração de 100% do CDI desde o primeiro dia, assim como já acontece com o dinheiro na conta remunerada. Ao mesmo tempo, já é possível reservar um espaço para amparar uma emergência e começar a tirar do papel os seus sonhos, que terão uma categoria para serem atingidos”. 

Desde o primeiro dia na conta, o dinheiro – que já tem isenção do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras)  – será remunerado com o equivalente a 100% do CDI e conta com liquidez diária, permitindo o resgate dos valores a qualquer momento. Esta possibilidade serve exatamente para amparar situações imprevistas ou concretizar a meta viabilizada em cada compartimento das Reservas, de acordo com a necessidade de cada usuário. Por exemplo, se o cliente quiser usar o valor das Reservas para comprar passagens para uma viagem em um sábado e realizar outro resgate para pagar suas contas em um domingo, ele pode. O resgate dos valores pode ser feito quando o usuário necessitar.  

As Reservas do Mercado Pago também permitem criar categorias especiais e espaços separados para organizar o dinheiro que será usado em despesas recorrentes (como as contas básicas que são pagas todo mês), lazer, planos de médio e longo prazo (troca do automóvel, a entrada na casa própria ou o fundo para estudos dos filhos). Todas essas movimentações podem ser vistas facilmente, de maneira individual ou já agrupadas em um mesmo saldo na área de Reservas dentro da conta do banco digital. 

Como aliar as Reservas a investimentos para metas de curto, médio e longo prazo?

Além da conta remunerada e da funcionalidade Reservas, com o alto nível das taxas de juros, os clientes têm buscado aproveitar as oportunidades que o Mercado Pago oferece em produtos de renda fixa, como os CDBs, com rendimento superior ao da poupança e que oferecem a mesma segurança ao investidor. 

A maré ainda se mantém alta por um longo período para os interessados em investir em CDBs, uma vez que a última edição do boletim Focus, divulgado pelo Banco Central (BC), prevê que a Selic termine o ano de 2022 em sua taxa atual (13,75%). Até 2023, a previsão do BC é a de que a taxa caia poucos pontos percentuais –  11,25% ao ano. 

“A conta remunerada tem sido uma porta de entrada para inserir os brasileiros no universo de investimentos e ao perceberem os ganhos, que no Mercado Pago são diários, se interessam por dar um passo a mais com o investimento em CDB”, explica Ignácio Estivariz, diretor sênior de banco digital do Mercado Pago. “Também é importante aproveitar funcionalidades, como a Reservas, que apoia o usuário na organização e visualização das finanças, contribuindo com a jornada dele de entrada no universo de investimentos, auxiliando-o a traçar objetivos, metas e recursos mais adequados aos seus objetivos”, completa o executivo.


Leia também
Web Summit Rio: Brasil e Angola apresentam avanços de parceria tecnológica
Web Summit Rio: Brasil e Angola apresentam avanços de parceria tecnológica

Serpro e Ministério das Finanças da República de Angola firmaram acordo para aprimoramento tecnológico em novembro de 2023. Primeiros resultados […]

Arena Senac RJ terá executivos de big techs no segundo dia de Web Summit Rio
Arena Senac RJ terá executivos de big techs no segundo dia de Web Summit Rio

No primeiro dia do evento, abertura institucional ressaltou a importância do evento para consolidar o Rio de Janeiro como um […]

Para Huawei, demanda pelo 5G é alta e operadoras já percebem retorno financeiro da rede
Para Huawei, demanda pelo 5G é alta e operadoras já percebem retorno financeiro da rede

A monetização do 5G, atualmente, é um dos desafios para ampliar a cobertura no país. O setor segue à espera de uma […]

Com investimentos bilionários no país, uso de IA para análise de Big Data revoluciona o mercado financeiro
Com investimentos bilionários no país, uso de IA para análise de Big Data revoluciona o mercado financeiro

Empresas do setor têm se destacado ao oferecer soluções inovadoras para aprimorar a experiência do cliente O uso de Inteligência […]

Com investimento de R$15 mi, AWS e Escola da Nuvem esperam capacitar mais de 5 mil pessoas em computação em nuvem até 2025
Com investimento de R$15 mi, AWS e Escola da Nuvem esperam capacitar mais de 5 mil pessoas em computação em nuvem até 2025

A Amazon Web Services (AWS) anunciou que investirá R$15 milhões no Brasil para ampliar a oferta de profissionais qualificados em […]