Líderes de Data & Analytics devem usar a inteligência coletiva para impulsionar valor para os negócios, diz Gartner

Os analistas discutem o papel em evolução dos líderes de Data & Analytics durante a Conferência Gartner Data & Analytics 2024
Imagem: divulgação / Gartner

Os analistas discutem o papel em evolução dos líderes de Data & Analytics durante a Conferência Gartner Data & Analytics 2024, que acontece nos dias 26 e 27 de março, em São Paulo

Gartner prevê que líderes de Data & Analytics (D&A) devem se concentrar na inteligência coletiva para impulsionar o valor de seus negócios e a maturidade em D&A. A inteligência coletiva, impulsionada pela Inteligência Artificial Generativa (GenAI), combina as habilidades humanas e das máquinas de resolver de problemas para criar valor.

Durante a palestra de abertura (opening keynote) da Conferência Gartner Data & Analytics 2024 desta semana em São Paulo, Kurt Schlegel, Vice-Presidente e Analista do Gartner, e Aura Popa, Analista e Diretora Sênior do Gartner, afirmaram que os líderes de Data & Analytics têm um papel central a desempenhar, fornecendo as capacidades que facilitam a decisão e a ação, desencadeando efetivamente a inteligência coletiva.

Evento Gartner
Imagem: divulgação / Gartner

Os analistas do Gartner compartilham três áreas-chave nas quais os líderes de Data & Analytics podem se concentrar para criar valor na nova era da inteligência coletiva: 

Foco nos Fundamentos de Data & Analytics:

A pesquisa do Gartner mostra que os líderes de Data & Analytics estão atualmente gastando mais tempo na mudança de cultura, na criação de estratégias e na incorporação de iniciativas de Data & Analytics nos negócios e no gerenciamento da governança.

“Muitos executivos de D&A ficam atolados em questões de estratégia e cultura”, diz Popa. “Os líderes que conseguem superar as questões de estratégia e cultura para também se concentrarem em atividades de execução, como gerenciar funções, entregar projetos e aumentar a maturidade da governança, tendem a ter melhor desempenho financeiro, desbloqueando, consequentemente, o valor de D&A.”

Ambição em Inteligência Artificial (IA):

Determinar a ambição em Inteligência Artificial começa com a estratégia de negócios ou o mandato público da empresa. Isso fornece o planejamento intencional e estratégico de onde a IA será melhor utilizada.

Os líderes de D&A podem ajudar seus CEOs (Chief Executive Officers), assim como seus colegas na liderança, a definirem a ambição em Inteligência Artificial de suas empresas ao examinarem as oportunidades e os riscos do uso da GenAI em quatro áreas: na retaguarda (backoffice), na linha de frente, em novos produtos e serviços, e em novas capacidades centrais.

Pesquisa do Gartner com 477 CDAOs (Chief Data & Analytics Officers), realizada no quarto trimestre de 2023, mostra que 53% dos entrevistados disseram que estão comprometidos com a GenAI. No entanto, 53% dos 615 CIOs e líderes de tecnologia entrevistados no segundo trimestre de 2023 disseram não ter certeza de que suas empresas seriam capazes de mitigar os riscos da Inteligência Artificial. É aí que a governança na tecnologia deve entrar para reduzir essa lacuna.

Os resultados da pesquisa com CDAOs mostraram uma forte correlação entre a maturidade geral da governança de D&A e inovação. Organizações com práticas maduras de governança de D&A têm 25% mais probabilidade de adotar inovações orientadas por dados, como a Inteligência Artificial.

Segundo o Gartner, as práticas de governança mais impactantes incluem:

– Fornecer regras de negócios para tomada de decisões orientadas por dados;

– Indicadores-chave de desempenho para resultados de negócios;

– Governança adaptativa para diferentes casos de uso.

“Ao estabelecer a conexão entre dados prontos para Inteligência Artificial, governança e valor para os negócios, os líderes de D&A podem imunizar suas empresas contra potenciais riscos de IA “, diz Popa.

Liderando em direção à Inteligência Coletiva

Os analistas do Gartner recomendam que os líderes de D&A tomem três ações para liderar as pessoas para criarem valor juntas:

-Reorganizar os modelos operacionais para facilitar a autonomia e a flexibilidade: “A rápida evolução das tecnologias de D&A e Inteligência Artificial, como a GenAI, oferece aos líderes a oportunidade de repensar e evoluir seus modelos operacionais”, diz Schlegel. Na verdade, a pesquisa do CDAO descobriu que 75% dos entrevistados já estavam evoluindo seus modelos operacionais para melhor apoiar a inovação.

-Ampliar a alfabetização de dados para dominar a alfabetização em Inteligência Artificial:  A pesquisa do Gartner com CDAOs descobriu que os líderes de D&A disseram que a educação em Inteligência Artificial e a alfabetização de dados receberão mais atenção de suas empresas em 2024. “As organizações devem aproveitar o impulso do conhecimento de dados para criar mestres na alfabetização de Inteligência Artificial”, diz Popa. “Ampliar a alfabetização de dados para o conhecimento de Inteligência Artificial não precisa envolver uma grande revisão dos programas. Pode ser posicionada como uma extensão de conceitos, programas e estruturas existentes.”

-Distribuir autoridade e a responsabilidade para que todos liderem com propósito (do core para o Edge): A liderança distribuída sugere que os dados relevantes são descobertos no Edge (bordas) e devem ser obtidos junto com toda a equipe, informada por uma visão e propósito compartilhados. “Na nova era da inteligência coletiva, o sucesso estará onde o propósito organizacional encontra o D&A, a literacia e a autonomia”, diz Schlegel.

Sobre as conferências Gartner Data & Analytics

Os analistas do Gartner fornecerão análises adicionais sobre as tendências de dados nas conferências Gartner de Data & Analytics, que acontecem esta semana em São Paulo. Outras datas e locais incluem: 24 a 25 de abril em Mumbai, 13 a 15 de maio em Londres, 21 a 23 de maio em Tóquio e 29 a 30 de julho em Sydney.

*Fonte: Gartner


Leia também
Com investimentos bilionários no país, uso de IA para análise de Big Data revoluciona o mercado financeiro
Com investimentos bilionários no país, uso de IA para análise de Big Data revoluciona o mercado financeiro

Empresas do setor têm se destacado ao oferecer soluções inovadoras para aprimorar a experiência do cliente O uso de Inteligência […]

Com investimento de R$15 mi, AWS e Escola da Nuvem esperam capacitar mais de 5 mil pessoas em computação em nuvem até 2025
Com investimento de R$15 mi, AWS e Escola da Nuvem esperam capacitar mais de 5 mil pessoas em computação em nuvem até 2025

A Amazon Web Services (AWS) anunciou que investirá R$15 milhões no Brasil para ampliar a oferta de profissionais qualificados em […]

Transição empresarial para eficiência com IA
Transição empresarial para eficiência com IA

Recentemente tive a oportunidade de participar do South by Southwest, em Austin, Texas, um dos mais influentes e importantes eventos […]

“Chegando lá!”: a importância do customer success para a sua empresa é maior do que você imagina
“Chegando lá!”: a importância do customer success para a sua empresa é maior do que você imagina

A atenção dedicada ao consumidor mudou muito nos últimos anos. Passamos por épocas em que a produtividade era tudo que […]

GitHub aprimora segurança e desempenho empresarial com rede privada do Azure
GitHub aprimora segurança e desempenho empresarial com rede privada do Azure

Além de refinar a segurança e o desempenho, as melhorias implementadas visam simplificar as operações, proporcionando às equipes mais tempo […]