Inteligência Artificial está transformando o cenário do Recursos Humanos

Network
Imagem: freepik

Com o avanço da tecnologia a passos largos, a integração da Inteligência Artificial (IA) Generativa nas áreas de recursos humanos das organizações tem se destacado como uma importante frente de inovação e disrupção. Por conta disso, o processo de parceria entre as duas vertentes tende a continuar evoluindo nos próximos anos.

Com o dinamismo cada vez mais apurado das ferramentas de IA, o setor pode se beneficiar de diferentes formas em vários processos, seja pela otimização do tempo ou pelo maior índice de assertividade.

“A chegada da IA na área de recursos humanos proporciona uma virada de chave nas resoluções de problemas de forma personalizada. Agora, neste novo momento, o posicionamento do UOL EdTech em Educação Corporativa em 2024 aproximará ainda mais o cliente do nosso propósito, ofertando soluções inovadoras que sejam práticas, rápidas e efetivas”, afirma Luis Felipe Rodas, diretor de Novos Negócios do UOL EdTech sobre as expectativas para o mercado.

Dentre as tendências em crescimento, destaca-se a ascensão dos chatbots inteligentes para funcionários. Esses aplicativos reúnem documentos, materiais de apoio e sistemas transacionais em uma experiência intuitiva e acessível. Além de poderem ser utilizados como ferramentas de treinamentos mais específicos e compliance sobre determinadas funções.

Também é possível criar planos de carreira gerados por IA, não mais dependentes da orientação de supervisores. Esses sistemas analisam as habilidades e a experiência de cada indivíduo e apresentam visualmente todas as opções de crescimento, todas fundamentadas na trajetória de milhões de outros profissionais, experiências que tendem a se intensificar ao longo do tempo.

Com a abrangência da relação entre colaboradores e o trabalho, a discussão sobre o esgotamento e o bem-estar dos funcionários também entrou em evidência nos últimos anos e pode ser solucionada também com o auxílio das IAs voltadas ao setor de RH.

De acordo com o artigo publicado pela Bersin em setembro de 2023, a universidade corporativa de um grande banco americano levantou quais eram seus desafios em relação ao talento por meio de uma análise minuciosa dos dados. Na análise, eles descobriram, por exemplo, que os saldos bancários estão fortemente ligados com o tempo de permanência dos funcionários na agência. Já a estabilidade, pode ser influenciada por diversos outros fatores.

Dentro do setor corporativo, a evolução dos programas que utilizam IA está correlacionada com o avanço tecnológico dos Recursos Humanos na busca por um sistema mais efetivo e produtivo, sendo necessário repensar o projeto de learning nas empresas. A plataforma LXM, da vertical UOLEdTech, já é um exemplo dessa nova dinâmica que, impulsionada pela IA, é um sistema de aprendizagem colaborativa unindo o foco em gestão, nativo do LMS, com foco na experiência do aluno, essência do LXP.


Leia também
Ampla abertura: NVIDIA acelera a inferência no Meta Llama 3
Ampla abertura: NVIDIA acelera a inferência no Meta Llama 3

Mais recente grande modelo de linguagem de código aberto da Meta — construído com tecnologia da NVIDIA — é otimizado […]

Gartner anuncia as principais tendências de tecnologia para governos em 2024
Gartner anuncia as principais tendências de tecnologia para governos em 2024

O Gartner apontou as cinco tendências tecnológicas-chave para governos em 2024, que podem direcionar líderes do setor público a prover […]

Web Summit Rio: Brasil e Angola apresentam avanços de parceria tecnológica
Web Summit Rio: Brasil e Angola apresentam avanços de parceria tecnológica

Serpro e Ministério das Finanças da República de Angola firmaram acordo para aprimoramento tecnológico em novembro de 2023. Primeiros resultados […]

Arena Senac RJ terá executivos de big techs no segundo dia de Web Summit Rio
Arena Senac RJ terá executivos de big techs no segundo dia de Web Summit Rio

No primeiro dia do evento, abertura institucional ressaltou a importância do evento para consolidar o Rio de Janeiro como um […]

Para Huawei, demanda pelo 5G é alta e operadoras já percebem retorno financeiro da rede
Para Huawei, demanda pelo 5G é alta e operadoras já percebem retorno financeiro da rede

A monetização do 5G, atualmente, é um dos desafios para ampliar a cobertura no país. O setor segue à espera de uma […]