Como o mercado financeiro se beneficia com os data centers de última geração

data centers
Imagem: rawpixel.com / Freepik

O mercado financeiro é conhecido por seu ritmo bastante acelerado. Neste segmento, as empresas que são capazes de incorporar processos ágeis e eficientes são aquelas que saem na frente em busca das melhores oportunidades de negócios. E nesta corrida rumo ao sucesso, os data centers são um recurso vital, uma vez que são responsáveis por garantir a realização das mais complexas transações monetárias de maneira bastante segura e eficaz. 

Atualmente, o Brasil é o principal mercado de data centers da América Latina.  Segundo pesquisa da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), as instituições financeiras investirão cerca de R$ 45,1 bilhões em tecnologia somente em 2023, uma alta de 29% em relação ao ano anterior. Além da segurança cibernética, soluções de inteligência artificial (75%), cloud pública (75%) e blockchain (50%) são as inovações embarcadas em data centers que mais devem receber estes aportes. Segundo o levantamento, entre as empresas do setor privado, o ecossistema financeiro é o que mais investe em novas tecnologias no Brasil e no mundo, ficando atrás apenas dos governos.

“A transformação digital trouxe ao setor financeiro muitos recursos para viabilizar experiências cada vez melhores aos seus clientes. Por outro lado, também maximizou riscos como ciberataques, vazamentos de informações e queda dos sistemas operacionais, os quais podem manchar a reputação de bancos e fundos de investimentos de maneira muitas vezes irremediável. É por isso que o investimento em uma estrutura de data centers sólida ocupa uma posição central para a operação dessas empresas. E a tendência é que o desenvolvimento dessas estruturas siga se expandindo substancialmente nos próximos anos”, afirma Alexandre Amaral, diretor de Cloud e Data Center na AMD Brasil.  

Ainda segundo a Febraban, sete em cada dez transações bancárias são realizadas em canais digitais atualmente, com mais de 2,5 quintilhões de bytes de dados gerados a cada dia. Com mais informações à disposição do que nunca, as instituições financeiras vêm percebendo a necessidade de adotar uma infraestrutura robusta para funcionamento ininterrupto de suas redes de servidores.

“Com um data center moderno e robusto à disposição, as organizações podem transformar sua operação, entregando verdadeiros benefícios ao negócio. Além disso, com a chegada do 5G ao país, os investimentos em mais espaço de armazenamento de dados irão crescer consideravelmente”, analisa Amaral. “Para suportar estes novos paradigmas, empresas contam com a capacidade de processadores de altíssimo desempenho, como os AMD EPYC 9754 e 9734, que oferecem aceleração de rede de nível hiper escalável, recursos de segurança modernos e capacidade de observação para data centers empresariais que atendem plenamente às mais exigentes cargas de trabalho na nuvem”, completa. 


Leia também
Web Summit Rio: Brasil e Angola apresentam avanços de parceria tecnológica
Web Summit Rio: Brasil e Angola apresentam avanços de parceria tecnológica

Serpro e Ministério das Finanças da República de Angola firmaram acordo para aprimoramento tecnológico em novembro de 2023. Primeiros resultados […]

Arena Senac RJ terá executivos de big techs no segundo dia de Web Summit Rio
Arena Senac RJ terá executivos de big techs no segundo dia de Web Summit Rio

No primeiro dia do evento, abertura institucional ressaltou a importância do evento para consolidar o Rio de Janeiro como um […]

Para Huawei, demanda pelo 5G é alta e operadoras já percebem retorno financeiro da rede
Para Huawei, demanda pelo 5G é alta e operadoras já percebem retorno financeiro da rede

A monetização do 5G, atualmente, é um dos desafios para ampliar a cobertura no país. O setor segue à espera de uma […]

Com investimentos bilionários no país, uso de IA para análise de Big Data revoluciona o mercado financeiro
Com investimentos bilionários no país, uso de IA para análise de Big Data revoluciona o mercado financeiro

Empresas do setor têm se destacado ao oferecer soluções inovadoras para aprimorar a experiência do cliente O uso de Inteligência […]

Com investimento de R$15 mi, AWS e Escola da Nuvem esperam capacitar mais de 5 mil pessoas em computação em nuvem até 2025
Com investimento de R$15 mi, AWS e Escola da Nuvem esperam capacitar mais de 5 mil pessoas em computação em nuvem até 2025

A Amazon Web Services (AWS) anunciou que investirá R$15 milhões no Brasil para ampliar a oferta de profissionais qualificados em […]