ChatGPT X Desenvolvedores web?

Desenvolvedor
Imagem: ngampolthongsai / Canva

Segundo especialista da Ironhack, a ferramenta potencializa habilidades do profissional de tecnologia, mas não substitui pessoas

Após dois meses do seu lançamento, o ChatGPT atingiu 100 milhões de usuários ativos. A marca supera o tempo que o TikTok e o Instagram demoraram para alcançar esse número, que foi de, respectivamente, nove meses e dois anos e meio. Com a repercussão da novidade, uma das principais discussões no setor tech atualmente é sobre como a ferramenta pode ajudar desenvolvedores web.

Lançada em novembro de 2022, o chatbot com Inteligência Artificial (IA) foi criado pela empresa OpenAI e é baseado no modelo de linguagem Generative Pretrained Transformer, no qual utiliza técnicas de deep learning com o objetivo de fornecer respostas humanizadas aos usuários. O vocabulário da plataforma é estimado em 10 bilhões de palavras de diferentes idiomas.

Segundo Alexandre Tibechrani, General Manager da Ironhack, referência global em ensino de tecnologia, o recurso oferece diversas possibilidades aos programadores.  “Além de melhorar o atendimento ao cliente e fazer pesquisas extremamente rápidas, o ChatGPT pode escrever códigos em linguagens de programação como Python, JavaScript, Java e outras menos utilizadas pelas empresas no Brasil. Ou seja, a ferramenta é capaz de ajudar o desenvolvedor tanto no debugging, no resumo de informações e na resolução de problemas, como  construindo um site com uma única solicitação”, afirma.

No entanto, apesar de possuir essas vantagens, a plataforma não tem 100% de precisão e muitas vezes não consegue atender a todos os possíveis usuários ao mesmo tempo, uma vez que muitos dos seus dados são básicos. Com isso, o chatbot não tem a capacidade de desenvolver um código complexo, como de um site bancário, ou garantir que não haverá bugs e será totalmente seguro, de fácil manutenção e bem documentado.

Para Tibechrani, um futuro em que o ChatGPT possa construir a estrutura de um programa e aplicar alterações ainda está muito distante. “Programadores novos podem ficar tentados a usar o ChatGPT para fazer o básico, mas o desenvolvimento para web se baseia muito em criatividade aplicada a lógica. Mesmo com a expansão da tecnologia, ele nunca poderá pensar por si só e entender emoções humanas profundas, experiências pessoais ou contextos comerciais”, diz.

Nesse sentido, o executivo ressalta que a ferramenta deve servir como um complemento ao setor de tecnologia, inclusive na criação de novas funções, como especialistas em IA. “Com sua expansão e melhoria, a expectativa é que a plataforma cuide de tarefas mecânicas e automatize processos e aqueça o mercado ao deixar os colaboradores com funções estratégicas e complexas, gerando produtos e serviços inovadores em um período menor de tempo”, finaliza.


Leia também
Ampla abertura: NVIDIA acelera a inferência no Meta Llama 3
Ampla abertura: NVIDIA acelera a inferência no Meta Llama 3

Mais recente grande modelo de linguagem de código aberto da Meta — construído com tecnologia da NVIDIA — é otimizado […]

Gartner anuncia as principais tendências de tecnologia para governos em 2024
Gartner anuncia as principais tendências de tecnologia para governos em 2024

O Gartner apontou as cinco tendências tecnológicas-chave para governos em 2024, que podem direcionar líderes do setor público a prover […]

Web Summit Rio: Brasil e Angola apresentam avanços de parceria tecnológica
Web Summit Rio: Brasil e Angola apresentam avanços de parceria tecnológica

Serpro e Ministério das Finanças da República de Angola firmaram acordo para aprimoramento tecnológico em novembro de 2023. Primeiros resultados […]

Arena Senac RJ terá executivos de big techs no segundo dia de Web Summit Rio
Arena Senac RJ terá executivos de big techs no segundo dia de Web Summit Rio

No primeiro dia do evento, abertura institucional ressaltou a importância do evento para consolidar o Rio de Janeiro como um […]

Para Huawei, demanda pelo 5G é alta e operadoras já percebem retorno financeiro da rede
Para Huawei, demanda pelo 5G é alta e operadoras já percebem retorno financeiro da rede

A monetização do 5G, atualmente, é um dos desafios para ampliar a cobertura no país. O setor segue à espera de uma […]