Como a análise de dados está moldando o futuro dos deslocamentos na mobilidade urbana

Análise de dados
Imagem: Freepik

A análise de dados tem desempenhado um papel cada vez mais crucial na transformação de negócios, estratégias, em áreas do convívio em sociedade e até na mobilidade urbana. À medida que as cidades enfrentam desafios relacionados ao tráfego e demanda crescente por transporte eficiente, a utilização assertiva de dados se torna essencial para moldar o futuro dos deslocamentos, principalmente nas grandes cidades. Apesar de ser de extrema importância para as empresas de todo o mundo que essas informações estejam corretas e organizadas, a International Data Corporation (IDC) aponta que até o final de 2025, é esperado que 80% dos dados mundiais sejam dados não estruturados. 

Com informações em mãos, é possível que organizações e instituições do setor de transportes tenham acesso a padrões importantes sobre deslocamento, horários de pico, demanda por serviços específicos e rotas preferenciais. Dessa maneira, apps de mobilidade urbana podem otimizar as rotas de transporte, reduzindo atrasos e evitando congestionamentos. Além disso, podem ajustar a oferta de serviços para atender à demanda em tempo real, fornecendo maior eficiência e qualidade para os usuários. 

Executivos e gestores da área de mobilidade urbana também são beneficiados com a análises de dados, pois conseguem tomar decisões mais embasadas e estratégicas. Ao utilizar números precisos sobre o comportamento dos usuários, demanda por serviços, custos operacionais e outros indicadores relevantes, é possível identificar tendências, antecipar necessidades e desenvolver soluções inovadoras. A tomada de decisões baseada em dados também ajuda a priorizar investimentos, melhorar recursos de forma eficiente e toda qualidade dos serviços de transporte. 

A análise de dados permite que as empresas de mobilidade urbana personalizem, ainda, a experiência do passageiro e motorista, adaptando as preferências individuais e as necessidades de cada usuário. Com base nas informações coletadas, podem oferecer recomendações personalizadas de rotas, horários e modos de transporte, proporcionando uma experiência mais conveniente. Além disso, os dados permitem o desenvolvimento de aplicativos e plataformas de mobilidade e o pagamento eletrônico, por exemplo. 

Com o monitoramento de dados em tempo real, também encontramos a possibilidade de identificar áreas de risco, pontos de congestionamento e comportamentos inadequados dos usuários, permitindo uma resposta mais rápida e eficaz.  

A análise de dados está transformando a mobilidade urbana, capacitando os executivos do setor a tomar decisões mais informadas e estratégicas. Ao utilizar dados precisos, é possível otimizar rotas e serviços, personalizar a experiência do usuário, melhorar a segurança e promover uma mobilidade de qualidade. Esse gerenciamento de informações molda o futuro dos deslocamentos urbanos e empresas e instituições que não souberem aproveitar esses ativos, certamente ficarão para trás e perderão vantagem competitiva no mercado. 

 

*Por Thiago Hidalgo, CEO do Consórcio 3C e um dos desenvolvedores do mobizapSP

 


Leia também
Marco Legal dos Jogos Eletrônicos irá impulsionar a indústria e a economia criativa no Brasil
Marco Legal dos Jogos Eletrônicos irá impulsionar a indústria e a economia criativa no Brasil

A indústria de jogos eletrônicos é destaque como um dos setores de maior crescimento no cenário global. No Brasil, durante […]

Ampla abertura: NVIDIA acelera a inferência no Meta Llama 3
Ampla abertura: NVIDIA acelera a inferência no Meta Llama 3

Mais recente grande modelo de linguagem de código aberto da Meta — construído com tecnologia da NVIDIA — é otimizado […]

Gartner anuncia as principais tendências de tecnologia para governos em 2024
Gartner anuncia as principais tendências de tecnologia para governos em 2024

O Gartner apontou as cinco tendências tecnológicas-chave para governos em 2024, que podem direcionar líderes do setor público a prover […]

Web Summit Rio: Brasil e Angola apresentam avanços de parceria tecnológica
Web Summit Rio: Brasil e Angola apresentam avanços de parceria tecnológica

Serpro e Ministério das Finanças da República de Angola firmaram acordo para aprimoramento tecnológico em novembro de 2023. Primeiros resultados […]

Arena Senac RJ terá executivos de big techs no segundo dia de Web Summit Rio
Arena Senac RJ terá executivos de big techs no segundo dia de Web Summit Rio

No primeiro dia do evento, abertura institucional ressaltou a importância do evento para consolidar o Rio de Janeiro como um […]