A Inteligência Artificial na educação: uma revolução sem precedentes

IA
Imagem: Freepik

Vamos imaginar um mundo educacional que está à beira de uma revolução sem precedentes. O palco dessa transformação é ocupado por duas estrelas ascendentes que são a Inteligência Artificial Generativa (IAG) e o Edge Computing. A chegada dessas tecnologias está prestes a mudar completamente a forma como aprendemos e ensinamos. 

A IAG, uma espécie de mágica tecnológica, que veio prometendo algo extraordinário: a capacidade de criar diversos conteúdos de maneira autônoma e criativa. Em outra esfera, o Edge Computing oferece um palco para o processamento de dados ocorrer localmente, próximo aos dispositivos e sensores, sem depender de grandes centros distantes. 

Mas como a IAG pode transformar a educação? Ela pode ter o poder de olhar para cada aluno de forma individualizada, oferecendo um conteúdo adaptado às suas necessidades, interesses e nível de conhecimento. Podemos vislumbrar um mundo onde cada adulto, jovem ou criança tem a chance de aprender de maneira única, exatamente do jeito que elas precisam. Aqui está a beleza disso, a IAG poderia criar experiências de aprendizado extremamente cativantes, utilizando a gameficação, simulações e outras ferramentas interativas. Afinal de contas, o aprendizado poderia ser como uma aventura, não é mesmo? 

E, de forma surpreendentemente, a IAG pode fazer mais do que apenas ensinar. Ela pode auxiliar  os professores nas tarefas administrativas tediosas, como corrigir provas e gerar relatórios. Tendo então mais tempo para se dedicarem ao que realmente importa, como a criação de aulas incríveis e auxiliar os alunos individualmente. 

E se incluirmos nessa equação o Edge Computing, que é uma abordagem onde o processamento e armazenamento de dados acontecem próximos à fonte onde são gerados, ou seja, na “borda” da rede, próxima aos dispositivos e sensores. Essa tecnologia ajudaria a processar todos esses dados de forma rápida e localmente. 

Imagine poder receber feedback imediatamente, como se seu professor estivesse ao seu lado a cada passo do aprendizado. Isso seria incrível, não é? Também tornaria tudo mais seguro. Mas como isso pode acontecer? Simples! Armazenando e processando dados localmente, mantendo nossas informações longe de olhares curiosos. Isso seria igual a trancar os seus segredos mais valiosos em um cofre intransponível. 

E para fecharmos com chave de ouro, o Edge Computing pode fazer tudo isso de maneira mais eficiente, economizando energia e reduzindo custos. Podemos considerar como encontrar uma maneira de tornar a educação mais acessível para todos. 

Pensando nessas evoluções, podemos dizer que essa convergência da IAG e do Edge Computing podem estar destinadas a revolucionar a educação. Elas não apenas tornam o aprendizado mais personalizado, envolvente e eficiente, mas também podem abrir portas para todos, independentemente de onde estiverem. 

Lembrando que essa história está apenas começando. A jornada dessas tecnologias promete continuar a moldar um futuro educacional mais inclusivo, envolvente e acessível para todos. E assim, a revolução na educação pode estar apenas começando. 

*Por: Armando Kolbe Junior 

*Armando Kolbe Junior é Mestre em Tecnologias e Sociedade e Professor nos Cursos de Administração, Contábeis e Análise e Desenvolvimento de Sistemas no Centro Universitário Internacional Uninter 


Leia também
Tecnologia: desenvolvimento de softwares e os benefícios concretos do uso da inteligência artificial
Tecnologia: desenvolvimento de softwares e os benefícios concretos do uso da inteligência artificial

Com a crescente popularização de ferramentas de Inteligência Artificial (IA), elas tornaram-se extremamente relevantes para diversas atividades, entre elas  o […]

Inteligência Artificial está transformando o cenário do Recursos Humanos
Inteligência Artificial está transformando o cenário do Recursos Humanos

Com o avanço da tecnologia a passos largos, a integração da Inteligência Artificial (IA) Generativa nas áreas de recursos humanos […]

Regulamentação da IA na União Europeia: especialista comenta sobre acordo e a aplicação da legislação em outro países
Regulamentação da IA na União Europeia: especialista comenta sobre acordo e a aplicação da legislação em outro países

O texto foi aprovado pelos países-membros, mas a lei ainda deve passar pela etapa final com a validação do Parlamento […]

75% das empresas devem incorporar IA nos próximos 5 anos
75% das empresas devem incorporar IA nos próximos 5 anos

Muito dificilmente você passou o ano de 2023 sem ao menos acessar o ChatGPT. A ferramenta é uma inteligência artificial […]

Ética na IA: garantindo uma abordagem responsável para o futuro
Ética na IA: garantindo uma abordagem responsável para o futuro

A Inteligência Artificial está redefinindo a maneira como interagimos com a tecnologia e como ela molda nossa sociedade. Em diversas […]