COMEXPORT busca startups de tecnologia voltada ao comércio exterior

Por: Colaborador externo Leitura 2 min 19 Mai, 2022 Startup 0 396

No primeiro trimestre, a empresa investiu em duas empresas e quer criar um ecossistema de comextec que contribua com o desenvolvimento tecnológico do mercado de comércio exterior

A COMEXPORT, maior empresa de comércio internacional direto e indireto, concluiu no primeiro trimestre de 2022 o aporte financeiro em duas startups de tecnologia voltada ao comércio exterior: Talura e Cheap2Ship. Ambas as startups participaram de rodada de investimento seed e agora fazem parte do ecossistema de Comextec (empresas de tecnologia voltada ao comércio exterior) que a COMEXPORT começa a criar. 

Continua após o anúncio

"Buscamos empresas que tenham boas ideias, equipe engajada e com iniciativa, para que possam, a partir de uma parceria com a COMEXPORT, não somente receber investimento, mas usufruir de quase 50 anos de experiência em comércio exterior, incluindo conhecimento jurídico, contábil e em gestão", explicou Rodrigo Guerra, CFO da COMEXPORT. "Nós queremos desenvolver um ecossistema que possa beneficiar todos os nossos clientes, assim como o mercado como um todo", complementou. 

A Talura é uma plataforma marketplace de fretes internacionais que começou a operar em 2021 e que mantém sede em São Paulo. A partir da plataforma, empresas podem fazer cotações de fretes para importações e exportações para o mundo inteiro. E a catarinense Cheap2Ship, fundada em 2017, produz um software para negociação de fretes que reúne todos os fornecedores num mesmo ambiente.  

"O investimento nos possibilitará melhorar nossa solução e tornar a experiência de exportadores, importadores e agentes de cargas digital, simples e humanizada", disse Marcelo Brandão, fundador da Talura. "Fomos muito bem recepcionados pelo time da COMEXPORT e já tivemos abertura para diversas parcerias comerciais e tecnologias da trading. Os insights trazidos pelos sócios e colaboradores da COMEXPORT são fundamentais no dia a dia para nosso crescimento e amadurecimento da empresa como um todo", apontou. 

Em 2022, a Cheap2Ship completa 5 anos e, segundo o fundador Jociano Motta, nesse momento, um investimento aliado a conhecimento de mercado seria essencial para a próxima fase de crescimento da startup. "Por isso, optamos por uma parceria com uma empresa que é referência no setor em que atua", disse Jociano Motta, fundador da Cheap2Ship. "Uma vez que estamos conectados a um dos maiores players do mercado no setor, nosso leque de oportunidades se expande a todo o globo, fazendo assim com que nosso crescimento seja alavancado de forma exponencial", complementou. 

"Continuamos em busca de startups que possam se juntar a nós e que possamos fazer novos aportes, principalmente nos segmentos de aduana, fechamento de câmbio, financiamento para importação e rastreamento de cargas", comentou Guerra. "Um ponto fundamental para nós é que a pessoa responsável pelo desenvolvimento da tecnologia da startup seja sócia do empreendimento", concluiu. 

Por se tratar de rodadas seed, é importante que as startups que queiram se candidatar a novos aportes estejam com sinais de validação de seus produtos, já estejam com o produto no mercado e com suas soluções conhecidas. 

As startups que desejam se aproximar da COMEXPORT podem entrar em contato via comextech@comexport.com.br

 

*Imagem: Divulgação/Rodrigo Guerra, CFO da COMEXPORT

Compartilhar Deixar um comentário

Leia também


    Nenhum comentário no momento

    Comentar

    *O seu e-mail não será mostrado no comentário

© 2015 - 2022 - FalandoTech.com - Todos os Direitos Reservados

Movido com muito em Campos dos Goytacazes/RJ