Segurança com custo acessível para PME

Seg. PME
Imagem: Freepik

As micro e pequenas empresas impulsionam a economia do Brasil, apenas no primeiro semestre de 2023, tivemos a criação de 868,8 mil novos pequenos negócios, segundo um relatório recente divulgado pelo SEBRAE. Graças à tecnologia moderna e o advento de ferramentas como a Inteligência Artificial (IA) essas empresas agora podem investir em segurança com menos recursos financeiros. O uso da IA, por exemplo, tem tornado as tecnologias de segurança mais acessíveis, eficazes e adaptáveis às necessidades individuais de cada empresa.  

Hoje, as tecnologias de segurança estão mais democratizadas, e com monitoramento para reduzir a carga de trabalho e custos, o que possibilita uma resposta mais rápida a incidentes. O controle de acesso remoto em tempo integral permite que proprietários ou gerentes possam abrir portas remotamente por meio de um terminal de reconhecimento facial. Desta forma, é possível controlar o acesso de funcionários, fornecedores e outros visitantes virtualmente por um dispositivo móvel.  

As câmeras de monitoramento que utilizam a inteligência artificial não são tão caras, como muitos acreditam. A mais recente geração de câmaras NVRs e DVRs possui um preço semelhante ao das câmeras tradicionais. O equipamento é capaz de diferenciar entre humanos, veículos e outros objetos, como animais ou folhas caindo no chão. Isso significa que podem detectar ameaças à segurança reais de forma imediata e enviar um alarme para o celular dos gestores.  

Outra opção para reduzir custos e aumentar a segurança do local é integrar o sistema de CFTV com o sistema de alarmes, gerando alarmes sonoros e de luz para intimidar invasores, além de poder contratar um serviço de monitoramento para agregar mais segurança e confiabilidade. Atualmente as centrais de alarme possuem capacidade para trocar informações com o sistema de CFTV, permitindo reduzir custo de instalação eliminando os sensores perimetrais, pois é possível utilizar as câmeras citadas anteriormente que possuem capacidade de identificar humanos para funcionar, também, como sensor do sistema de alarme.  

O sistema de segurança com Inteligência Artificial pode ajudar pequenas empresas a minimizar falsos alarmes, o que reduz custos e poupa tempo, portanto há uma economia em longo prazo. Com ‘tags’ na cronologia de vídeo é possível procurar pessoas e veículos com extrema rapidez e facilidade, sem necessidade de o funcionário passar horas debruçado sobre filmagens, pesquisando manualmente.  

Edson Machado
Imagem: divulgação

*Por Edson Machado, Gerente de Produtos na Hikvision


Leia também
Especialistas apontam que infraestrutura crítica também pode ser alvo de ataques cibernéticos no Brasil
Especialistas apontam que infraestrutura crítica também pode ser alvo de ataques cibernéticos no Brasil

Palo Alto Networks destaca que ataques à infraestrutura crítica podem causar a suspensão de serviços essenciais, como assistência médica, energia […]

VPN para jogos on-line: muito além da cibersegurança
VPN para jogos on-line: muito além da cibersegurança

Os jogos on-line não são mais apenas um passatempo, tornaram-se parte integral da cultura contemporânea, conectando milhões de jogadores em […]

Gartner revela 8 previsões de cibersegurança para 2024
Gartner revela 8 previsões de cibersegurança para 2024

O Gartner anuncia oito das principais previsões de cibersegurança para 2024 e os próximos anos. Entre as principais previsões, a […]

Cibersegurança: Check Point Software anuncia nova colaboração com a Microsoft
Cibersegurança: Check Point Software anuncia nova colaboração com a Microsoft

Anúncio demonstra o uso das soluções Check Point Infinity AI Copilot com o Microsoft Azure OpenAI Service para definir novos […]

O papel do CISO para transformar a cibersegurança em uma alavanca de reputação para as empresas
O papel do CISO para transformar a cibersegurança em uma alavanca de reputação para as empresas

Atualmente, não há dúvidas de que a tecnologia permeia todos os aspectos de nossas vidas, incluindo o mundo dos negócios. […]