Novas pesquisas da Twilio revelam equilíbrio entre segurança e personalização em jornadas do consumidor

Novas pesquisas Twilio revelam equilíbrio entre segurança
Imagem: Divulgação / Twilio

Um dos fatores essenciais na relação entre empresas e consumidores é a jornada de consumo e os dados que a permeiam. As experiências personalizadas que as empresas criam para os clientes são tão boas quanto os dados usados paras construí-las. Especialmente em um mundo onde a inteligências artificial (IA) está se tornando mais proeminente, é imperativo que as empresas confiem nos dados próprios e em tempo real que são coletados junto a seus clientes, em vez de dados de terceiros. Como os dados estão se tornando cada vez mais importantes, os consumidores também estão mais cautelosos com os problemas de segurança, e as empresas precisam intensificar e fornecer essas experiências personalizadas, garantindo confiança e segurança. É o que apontam duas pesquisas recentes divulgadas pela Twilio.

A Twilio, plataforma de engajamento do cliente, lança anualmente diversas pesquisas e relatórios que visam auxiliar empresas a entenderem melhor seus consumidores, e clientes a conhecerem e exigirem o melhor em termos de jornadas de consumo. Recentemente, a empresa divulgou dois relatórios que apontam dados muito pertinentes envolvendo como criar uma jornada de consumo ideal.

O primeiro deles é o Relatório de Engajamento do Cliente 2023, que aponta que:

  • 42% das marcas dizem que o principal desafio de engajamento do cliente em 2023 é encontrar um equilíbrio entre segurança e experiência do cliente;
  • 22% das marcas no Brasil relataram fraude no contact center em 2022;
  • 36% das marcas dizem que seus próprios clientes estão frustrados com experiências inconsistentes;
  • 97% dos consumidores dizem que confiam mais nas marcas quando elas têm controle sobre os próprios dados.

O segundo relatório é o State o Personalization, que aponta que:

  • As empresas estão adotando, cada vez mais, IAs e aprendizado de máquina para potencializar seus esforços de personalização;
  • 9 em 10 empresas (92%) já estão usando personalização orientada por IA para incentivar o crescimento de seus negócios;
  • Apenas 51% dos consumidores confiam nas marcas para manterem seus dados com segurança e usá-los com responsabilidade.

Essas duas coleções de dados, além de evidenciar a necessidade por equilibrar segurança e personalização para atender bem às demandas dos consumidores, coloca os dados no centro de tudo. Isso evidencia que é muito mais interessante para as empresas investirem em captação de dados primários, ferramentas e infraestrutura de segurança e em plataformas de relacionamento com o cliente e gerenciamento dados que permitam personalizar e automatizar sem renunciar à segurança, que posteriormente é passada ao cliente como mostra de qualidade e eficiência.

“Os consumidores não devem ter que escolher entre uma experiência impessoal e segura e uma experiência pessoal e insegura. Já possuímos tecnologia e inteligência de negócios para conseguir o melhor dos dois mundos. O próximo passo talvez esteja em tornar mais evidente essa realidade para marcas e seus clientes”, finaliza Rodrigo Marinho, Regional Sales VP LATAM da Twilio. 

Fonte: Twilio 


Leia também
VPN para jogos on-line: muito além da cibersegurança
VPN para jogos on-line: muito além da cibersegurança

Os jogos on-line não são mais apenas um passatempo, tornaram-se parte integral da cultura contemporânea, conectando milhões de jogadores em […]

Gartner revela 8 previsões de cibersegurança para 2024
Gartner revela 8 previsões de cibersegurança para 2024

O Gartner anuncia oito das principais previsões de cibersegurança para 2024 e os próximos anos. Entre as principais previsões, a […]

Cibersegurança: Check Point Software anuncia nova colaboração com a Microsoft
Cibersegurança: Check Point Software anuncia nova colaboração com a Microsoft

Anúncio demonstra o uso das soluções Check Point Infinity AI Copilot com o Microsoft Azure OpenAI Service para definir novos […]

O papel do CISO para transformar a cibersegurança em uma alavanca de reputação para as empresas
O papel do CISO para transformar a cibersegurança em uma alavanca de reputação para as empresas

Atualmente, não há dúvidas de que a tecnologia permeia todos os aspectos de nossas vidas, incluindo o mundo dos negócios. […]

Ciberataque: por que o tempo de resposta é essencial?
Ciberataque: por que o tempo de resposta é essencial?

No universo cada vez mais interconectado dos negócios digitais, a segurança da informação se tornou uma frente estratégica para proteger […]