Cibersegurança: Check Point Software anuncia nova colaboração com a Microsoft

Check Point Software
Imagem ilustrativa – Divulgação / Check Point Software

Anúncio demonstra o uso das soluções Check Point Infinity AI Copilot com o Microsoft Azure OpenAI Service para definir novos padrões na administração e nas operações de cibersegurança das empresas

Check Point Software anuncia uma nova colaboração com a Microsoft que utiliza o serviço Microsoft Azure OpenAI para aprimorar o Check Point Infinity AI Copilot, marcando um avanço significativo em aplicações de IA de segurança cibernética. O Infinity AI Copilot é um serviço de IA generativa que utiliza a automatização para reduzir até 90% do tempo necessário para executar tarefas administrativas comuns e aumentar a eficácia da segurança por meio de uma mitigação e resposta mais rápidas a incidentes.

No atual panorama digital, as empresas que estão migrando para ambientes de nuvem enfrentam dois grandes desafios: o aumento das ciberameaças e a escassez de profissionais de cibersegurança. Esta situação coloca as organizações em maior risco de ataques cibernéticos avançados, muitas vezes sem recursos suficientes para responder de forma eficaz. O Check Point Infinity AI Copilot aborda estas questões utilizando a IA para automatizar tarefas de segurança comuns e complexas, aliviando a carga de trabalho das equipes de segurança, enquanto melhora a eficácia contra os ataques mais sofisticados.

A colaboração com o Azure OpenAI Service é uma parte fundamental da estratégia da Check Point Software para produzir produtos e serviços de cibersegurança de IA generativa. “A nossa colaboração com a Microsoft por meio do Azure OpenAI Service representa um salto significativo na nossa missão de oferecer as mais avançadas soluções de segurança orientadas para a IA”, diz Eyal Manor, vice-preseidente de Gerenciamento de Produtos da Check Point Software. “Ao combinar a experiência e as ferramentas de IA da Microsoft com a nossa profunda compreensão da cibersegurança em redes, nuvem e dispositivos, estamos estabelecendo novos padrões de referência para o que as organizações podem alcançar na sua batalha contra as ciberameaças em expansão com recursos de TI limitado”, completa Manor.

O Infinity AI Copilot, já reconhecido pela sua abordagem inovadora à cibersegurança, está prestes a tornar-se ainda mais robusto. A solução melhorada beneficia agora modelos de linguagem de grande escala (LLMs) fornecidos pela Microsoft, tornando-a capaz de abordar uma vasta gama de desafios de cibersegurança com maior eficiência e eficácia.

Com o Infinity AI Copilot, os clientes da Check Point Software irão experimentar uma melhoria notável na forma como a cibersegurança é gerida nas suas organizações, incluindo:

  • Tempo de resolução de administração acelerado: usando a IA para reduzir o tempo necessário para concluir as tarefas de administração de segurança em até 90%, incluindo análise de eventos, solução de problemas e alterações de políticas.
  • Resposta avançada a incidentes: utilizando IA e automação na busca de ameaças em grande escala, análise operacional, correção e resolução de incidentes.
  • Proteção unificada fornecida pela nuvem: oferecendo segurança abrangente assistida por IA em toda a Plataforma Check Point Infinity, da rede à nuvem ao espaço de trabalho, tornando-a um verdadeiro copiloto abrangente, apoiado pela integração perfeita do Serviço Azure OpenAI.

Além dos aprimoramentos apresentados, a Check Point Software traz a sua capacidade exclusiva de proteger os LLMs contra vulnerabilidades críticas, tais como injeção de prompt, contornando controles de segurança nativos, discurso malicioso, reações inesperadas, entre outras.

A Check Point Software desenvolveu e implementou a sua própria engenharia de prompt, usando as melhores práticas de geração aumentada de recuperação (RAG). Em relação ao Infinity AI Copilot, a RAG é utilizada para melhorar a confiabilidade e a precisão do serviço com fatos obtidos a partir de fontes da Check Point Software, incluindo seu fórum da comunidade (chamado CheckMates), a documentação do próprio produto e bancos de dados internos para dados específicos do produto.

“A nossa relação com a Check Point Software significa o nosso compromisso compartilhado de adotar a tecnologia de IA para melhorar a cibersegurança”, afirma Anat Gil, líder de Parceiros da Microsoft no Sudeste da Europa. “Ao integrar o Microsoft Azure OpenAI Service com o Check Point Infinity AI Copilot, estamos não só avançando as capacidades da IA na proteção de ambientes digitais, mas também capacitando as organizações para navegarem no cenário digital de forma segura e confiante, aumentando consideravelmente a eficácia de sua equipe de segurança atual”, finaliza Gil.

Essa colaboração não apenas evolui o gerenciamento de segurança, mas também aprimora a estrutura geral de segurança, garantindo proteção abrangente no atual cenário operacional centrado na nuvem.

*Fonte: Check Point Software


Leia também
Especialistas apontam que infraestrutura crítica também pode ser alvo de ataques cibernéticos no Brasil
Especialistas apontam que infraestrutura crítica também pode ser alvo de ataques cibernéticos no Brasil

Palo Alto Networks destaca que ataques à infraestrutura crítica podem causar a suspensão de serviços essenciais, como assistência médica, energia […]

VPN para jogos on-line: muito além da cibersegurança
VPN para jogos on-line: muito além da cibersegurança

Os jogos on-line não são mais apenas um passatempo, tornaram-se parte integral da cultura contemporânea, conectando milhões de jogadores em […]

Gartner revela 8 previsões de cibersegurança para 2024
Gartner revela 8 previsões de cibersegurança para 2024

O Gartner anuncia oito das principais previsões de cibersegurança para 2024 e os próximos anos. Entre as principais previsões, a […]

O papel do CISO para transformar a cibersegurança em uma alavanca de reputação para as empresas
O papel do CISO para transformar a cibersegurança em uma alavanca de reputação para as empresas

Atualmente, não há dúvidas de que a tecnologia permeia todos os aspectos de nossas vidas, incluindo o mundo dos negócios. […]

Ciberataque: por que o tempo de resposta é essencial?
Ciberataque: por que o tempo de resposta é essencial?

No universo cada vez mais interconectado dos negócios digitais, a segurança da informação se tornou uma frente estratégica para proteger […]