Segurança

Conveniência, agilidade e segurança devem nortear compras do Dia das Mães nos pagamentos digitais

Novos hábitos do consumidor merecem atenção para não cair em fraudes

Continua após o anúncio

A conveniência, agilidade e a segurança devem nortear a compra do presente do Dia das Mães. A tendência é que o consumidor se aproprie ainda mais da tecnologia para fazer o pagamento, dando prioridade a métodos digitais. A análise tem como referência a adesão do brasileiro ao pagamento digital, em detrimento a formas convencionais. Segundo a pesquisa Pace Pulse da FIS® (NYSE: FIS), empresa líder em tecnologia financeira no mundo, 47% da população reduziu o uso do dinheiro ou cheques para transações financeiras, enquanto que os pagamentos on-line e via aplicativos móveis se destacaram entre 52% dos entrevistados.

Marcelo Góes, head de Produtos e Serviços da FIS, destaca que a tecnologia e a inovação têm promovido mudanças em todo o ecossistema financeiro e de pagamentos a fim de atender as necessidades de um consumidor que busca conveniência, agilidade e, cada vez mais, segurança no seu processo da compra. 

O aquecimento das vendas em datas comemorativas, como o Dia das Mães, somado ao maior leque de produtos digitais disponibilizados podem dar vazão a ações fraudulentas. “Com o desenvolvimento de novas ferramentas digitais, os golpistas têm buscado oportunidades neste mercado, principalmente com relação à obtenção de dados de pessoas físicas e jurídicas”, comenta o executivo. Por outro lado, ele reforça que o mercado tem atuado fortemente para coibir a atuação fraudulenta com novos controles, além de novas camadas de autenticação, como a validação de um código por celular, biometria – digital, facial e voz – e ainda, com educação para o consumidor também se proteger.

E este movimento é destaque na pesquisa “O Impacto das Fraudes na Experiência do Cliente” da FICO, líder mundial em softwares de análise preditiva, que revela que a preocupação do brasileiro com fraudes envolvendo o uso meios de pagamentos em tempo real atinge apenas 6% da população frente ao índice global que não ultrapassa 7%. 

Como evitar golpes nos pagamentos on-line – Embora haja um trabalho rigoroso do mercado para prevenção de fraudes nos pagamentos digitais e serviços financeiros é importante que o consumidor se projeta para evitar golpes. Por essa razão, atenção às regras básicas de segurança são essenciais para que o usuário tenha uma experiência bem-sucedida no uso da tecnologia para efetuar suas compras.

Góes recomenda o uso de senhas fortes, não anotar senhas no celular, não enviar senhas pelo Whatsapp, efetuar compras em sites conhecidos e certificados, não abrir/compartilhar links e vídeos de desconhecidos, tomar cuidado ao acessar senhas e ao manipular o smartphone em locais públicos. “São atitudes básicas, mas que é sempre bom reforçar. E todas estas regras se aplicam também ao uso do Whatsapp como canal de meios de pagamentos”, orienta.

Os bancos e muitas outras instituições financeiras já trabalham com diversos mecanismos de prevenção a fraudes. A evolução das biometrias de tokens, por exemplo, tem sido um trunfo para os agentes de meios de pagamentos; além disso, as empresas estão empenhadas em educar o seu cliente para que ele saiba se proteger e não caia em ciladas. “Todos temos uma importante participação neste processo de transações em pagamentos digitais. Mas com tecnologia e com cuidados no dia a dia é possível reduzir fortemente a atuação de golpistas”, conclui. 

*Imagem: Pixabay

 


Leia também
Relatório Norton Consumer Cyber Safety Pulse: Como sua privacidade e segurança podem estar em risco

Relatório Norton Consumer Cyber Safety Pulse: Como sua privacidade e segurança podem estar em risco

A Norton Labs, a equipe global de pesquisa da NortonLifeLock, lança seu relatório trimestral “Consumer Cyber Safety Pulse...

Ransomware: retomada em tempo recorde é essencial para minimizar impactos

Ransomware: retomada em tempo recorde é essencial para minimizar impactos

Mesmo com os esforços coletivos da indústria de cibersegurança, de governos e empresas, os ataques de ransomware se tonaram...

Sequestro de dados: Brasil já é o quinto país do ranking do cibercrime

Sequestro de dados: Brasil já é o quinto país do ranking do cibercrime

Num passado recente, o lugar mais protegido de uma empresa era a sala cofre, local destinado a armazenar itens valiosos e documentos importantes....

Como evitar o transtorno com roubo de smartphones e dados

Como evitar o transtorno com roubo de smartphones e dados

Um smartphone, que hoje tem valor médio de R$2 mil, está entre os maiores problemas de segurança pública do país....

Ver mais

Nenhum comentário no momento

Deixe um comentário