7 benefícios chave do Desenvolvimento Sem Código

Developer No-code
Imagem: Freepik

O desenvolvimento sem código está tornando o desenvolvimento de software mais acessível e eficiente do que nunca

Nos últimos anos, o mundo da tecnologia testemunhou uma mudança de paradigma nas metodologias de desenvolvimento de software. No-Code, ou sem código, surgiu como uma abordagem que visa democratizar o desenvolvimento de aplicativos e capacitar indivíduos com pouca experiência em programação a criar soluções de software funcionais.

No-Code, como o nome sugere, é uma abordagem de desenvolvimento que permite que indivíduos construam aplicativos de software sem escrever código tradicional. Em vez disso, ele se baseia em interfaces visuais, funcionalidade de arrastar e soltar, e componentes pré-construídos para criar aplicativos.

As plataformas No-Code oferecem um ambiente simplificado e fácil de usar, tornando-o acessível a um público mais amplo, incluindo analistas de negócios, profissionais de marketing e não técnicos.

Junto a este movimento vem a percepção de que a solução chegou para resolver e automatizar casos de uso mais simples. Entretanto, com o avanço acelerado do mercado, já podemos observar aplicações de alta complexidade sendo desenvolvidas sem código, proporcionando entregas mais rápidas e eficientes do que as abordagens tradicionais. Vantagens que permitem superar alguns desafios das operações de TI, como desenvolvimento caro e lento, falta de colaboradores, softwares antigos de difícil manutenção, novos recursos não são viáveis.

Benefícios chave de plataformas No-Code

  1. Visão Unificada: Imagine que você está olhando através de uma janela que permite ver várias coisas ao mesmo tempo, sem precisar olhar para vários painéis separados. Deste modo, ambientes de desenvolvimento No-Code podem oferecer uma experiência unificada e simplificada, permitindo que os usuários/desenvolvedores acessem todas as ferramentas e informações necessárias em um único local, tornando o processo de programação mais eficiente e organizado.
  2. Atende Requisitos Complexos: a ideia de que plataformas de Low-Code/No-Code não são adequadas para aplicações complexas já não é uma realidade. Complexidade, não necessariamente significa utilização de código. O mercado já pode contar com soluções de desenvolvimento sem código que permitem atender a altos níveis de complexidade, com entregas mais rápidas e eficientes do que abordagens tradicionais.
  3. Integração com sistemas legados: Este é um grande benefício, inclusive quando comparado a plataformas de Low-Code. A proposta de algumas tecnologias No-Code é que o usuário possa configurar suas próprias APIs arrastando e soltando elementos e a tecnologia analisa a estrutura e origem de dados, sem a necessidade de conectores pré-estabelecidos. Desta forma, pode se conectar a sistemas legados sem precisar escrever nenhum tipo de código, desde que estes dados estejam estruturados em padrões abertos comuns de mercado como JSON, XML, entre outros.
  4. Pré-visualização em tempo real e implementação sem interrupções: Ao utilizar plataformas de desenvolvimento sem código, os desenvolvedores podem pré-visualizar/publicar sua aplicação executando-a de forma integral, através de literalmente um clique. Além disso, qualquer alteração no desenvolvimento é refletida em tempo real no modo de pré-visualização. Ou seja, a ferramenta permite, de maneira simultânea, trabalhar no desenvolvimento de fluxos enquanto visualiza em uma segunda tela a última versão de seu projeto, sem a necessidade de esperar que a aplicação atualize, sem precisar fazer deploy antes de executar.
  5. Curva de aprendizado curta: a capacitação de profissionais para desenvolvimento em plataformas No-Code é muito mais rápida do que abordagens Low-Code ou tradicionais. Esta pode ser uma vantagem determinante quando consideramos a falta de profissionais qualificados na área. Quando se trata de desenvolvimento sem código, mesmo usuários não técnicos podem chegar a grandes níveis de complexidade se contarem com uma plataforma robusta, sempre com a premissa de que os processos irão moldar o desenvolvimento das aplicações e não o contrário.
  6. Segurança: outro grande benefício do desenvolvimento sem código se baseia na premissa de que, se estamos realmente trabalhando com módulos e não temos a necessidade de linhas de código, diminuímos drasticamente vulnerabilidades e possíveis oportunidades para entrada de códigos maliciosos. 
  7. Escalabilidade infinita (Kubernetes): plataformas No-Code podem ser baseadas em arquitetura de microsserviços, com alta disponibilidade, possibilidade de escalonamento vertical e horizontal implementado em qualquer local do mundo, para atender as demandas de Compliance e regulamentação de dados.

No-Code representa uma abordagem transformadora para o desenvolvimento de software, com benefícios e casos de uso únicos. Esta abordagem simplifica o desenvolvimento de aplicativos, tornando-o acessível a usuários não técnicos, e, combinado com a potência da computação em nuvem, possibilita a criação de aplicativos sofisticados, escaláveis e ricos em recursos. Em um cenário em que a demanda por profissionais qualificados é muito maior do que a oferta disponível e que vantagens competitivas estão diretamente relacionadas a processos de inovação, cabe às áreas de TI e Negócios buscar, em conjunto, soluções que consigam atender à velocidade de entrega necessária sem comprometer qualidade e o desenvolvimento sem código pode ser uma solução.

Por: André Brites, Diretor de Desenvolvimento de Negócios na Connectis

André Brites - Diretor de Desenvolvimento de Negócios na Connectis
Imagem: divulgação

*André Brites, possui mais de 19 anos de experiência em TI, incluindo os últimos 8 anos em posições de liderança em setores como Bancos, Serviços e Indústria, com destacadas passagens por empresas como Pepsico, ArcelorMittal, Odontoprev e Bradesco.


Leia também
Credibilidade nas redes sociais e a personificação de marcas
Credibilidade nas redes sociais e a personificação de marcas

O cenário do marketing digital ganha cada vez mais complexidade e dinamismo à medida que as tecnologias também evoluem. Segundo […]

A visão do aluguel inteligente para um futuro sustentável
A visão do aluguel inteligente para um futuro sustentável

No mundo empresarial contemporâneo, a busca por soluções sustentáveis e eficientes está se tornando cada vez mais prioritária. Nesse contexto, […]

Tecnologia transformadora: o papel da inteligência artificial na evolução dos testes de software
Tecnologia transformadora: o papel da inteligência artificial na evolução dos testes de software

A inteligência artificial (IA) está cada vez mais presente em diversas áreas do nosso cotidiano: desde sistemas de reconhecimento por […]

A Terceira onda: Como a IA pode transformar os sistemas de gerenciamento de vídeo
A Terceira onda: Como a IA pode transformar os sistemas de gerenciamento de vídeo

O crescente interesse por inteligência artificial no setor de segurança física pode significar que os sistemas de gerenciamentos de vídeos […]

Demissões x Contratações: a situação das empresas no primeiro trimestre de 2024
Demissões x Contratações: a situação das empresas no primeiro trimestre de 2024

O primeiro trimestre está próximo de ser fechado e os números oficiais ainda não saíram, mas fazendo uma análise da […]