Mercado

Remessas globais de PCs diminuirão 9,5% em 2022, prevê o Gartner

Pesquisa indica vendas de smartphones devem cair 18% na China

As remessas mundiais de PCs devem cair 9,5% em 2022, prevê o Gartner, Inc., líder mundial em pesquisa e aconselhamento para empresas. De acordo com a mais recente pesquisa divulgada, o mercado de PCs deverá experimentar o maior declínio entre todos os segmentos de dispositivos eletrônicos este ano. 

Continua após o anúncio

"Uma tempestade perfeita com discussões geopolíticas, alta inflação, flutuações cambiais e interrupções na cadeia de suprimentos reduziram a demanda de negócios e a busca dos consumidores por dispositivos em todo o mundo. Esse cenário deverá causar forte impacto sobre o mercado de PCs em 2022", avalia Ranjit Atwal, Analista e Diretor Sênior do Gartner. "A demanda de computadores para clientes finais deverá diminuir 13,1% em 2022 e cairá muito mais rápido do que a demanda de máquinas para o ambiente corporativo, que deve cair 7,2% na comparação ano a ano. Isso vai levar a uma retração de quase 10% no segmento como um todo." 

Nas análises regionais, o mercado de PCs para a Europa caminha para um declínio de 14% em 2022, impulsionado pela redução na demanda de equipamentos para consumidores finais. A invasão russa à Ucrânia, os aumentos de preços e a indisponibilidade de produtos devido aos bloqueios na China estão impactando significativamente a demanda dos clientes na região. 

No geral, as remessas globais de dispositivos (PCs, tablets e telefones celulares) estão em ritmo de queda de 7,6% em 2022, com as regiões da China e da Europa Oriental (incluindo a Eurásia), registrando quedas de dois dígitos. 

Remessas de telefones 5G na Grande China devem diminuir em 2022 

Embora as remessas globais de telefones celulares devam diminuir 7,1% em 2022, o Gartner prevê que as remessas de smartphones diminuirão cerca de 5,8% na comparação ano a ano. Regionalmente, a Grande China será a mais atingida, com as remessas de smartphones em ritmo de queda de 18,3% em 2022. 

Regionalmente, a Grande China vem liderando a adoção de telefones 5G nos últimos dois anos. No entanto, o colapso do mercado de smartphones na região significará uma queda de 2% nas remessas de telefones 5G em 2022, após crescer 65% em 2021. 

"No início do ano, esperava-se que o mercado de telefonia 5G da Grande China mostrasse um crescimento de dois dígitos", diz Atwal. "O impacto da política de tolerância zero à COVID-19, da China, e os bloqueios resultantes desse movimento reverteram drasticamente essa tendência. Muitos consumidores pararam de comprar itens não essenciais, incluindo smartphones 5G." 

Em 2022, o Gartner espera que as remessas mundiais de telefones 5G totalizem 710 milhões de unidades. Embora este seja um aumento de 29% em relação a 2021, está abaixo das expectativas anteriores. "A taxa de crescimento está significativamente abaixo de um aumento esperado de 47% no início do ano, com uma perda resultante de 95 milhões de remessas de telefones 5G", destaca Atwal. 

Espera-se que a demanda por telefones 5G aumente em um ritmo mais rápido em 2023. "Grande parte da migração para 5G ocorrerá por padrão, pois os usuários substituirão smartphones 4G mais antigos no final de seu ciclo de vida por smartphones compatíveis com 5G", observa o analista. 

 

*Imagem: Pexels  

 

 


Leia também
Remessas globais de PCs diminuirão 9,5% em 2022, prevê o Gartner

Gartner indica que remessas mundiais de PCs caíram 12,6% no segundo trimestre de 2022

Segundo uma pesquisa do Gartner, remessas mundiais de PCs totalizaram 72 milhões de unidades no segundo trimestre de 2022, número que...

Remessas globais de PCs diminuirão 9,5% em 2022, prevê o Gartner

O que é uma bandeira de cartão de crédito e como ela funciona?

Para o funcionamento do ecossistema dos meios de pagamento com eficiência e segurança, há diversos agentes envolvidos na...

Ver mais

Nenhum comentário no momento

Deixe um comentário

*Não é obrigatório adicionar o E-mail