5 passos para turbinar seu perfil no LinkedIn e chamar a atenção dos recrutadores

LinkedIn
Imagem: Bongkarngraphic / Canva

O LinkedIn é a principal rede social do mundo corporativo, com mais de 850 milhões de usuários em 200 países ou territórios, segundo informações da própria empresa. E quem está em busca de novas oportunidades de trabalho ou atrás de uma recolocação no mercado precisa estar presente na plataforma, de acordo com dados da Icon Talent, empresa especializada em recrutamento e seleção em tecnologia. 

“Atualmente utilizamos o LinkedIn em todos os nossos processos seletivos, seja para encontrar o profissional com o perfil da vaga, seja para confirmar informações do currículo ou recomendações feitas por sua rede de contatos. Por isso, é fundamental manter-se ativo na plataforma e com os dados sempre atualizados”, explica Christina Curcio, CEO da Icon Talent. 

Além da atualização constante das informações, a especialista destaca outros cuidados que os profissionais precisam ter para se destacarem em meio a tantos usuários do LinkedIn. Confira cinco passos para turbinar seu perfil na rede social: 

1 – Informações de Contato

Pode parecer meio óbvio, mas muitos profissionais esquecem de colocar as informações de contato, como e-mail e celular no perfil do LinkedIn. Sem esses dados no modo público, a aproximação do recrutador fica mais difícil, o que pode inviabilizar uma futura contratação.

2 – Selo “Open to Work”

Apesar de ser um assunto polêmico, o uso do selo “Open to Work” (ferramenta gratuita disponibilizada pelo próprio LinkedIn) é fundamental para que o recrutador saiba que você está disponível para novas oportunidades. Não tenha vergonha de utilizar o selo, pois em nenhuma hipótese ele será visto como sinal de fracasso. Quem trabalha com recrutamento e seleção sabe da realidade do mercado e da movimentação dos profissionais, por isso não verão com maus olhos o uso do selo.

3 – Interação com a comunidade

Um dos erros mais comuns no LinkedIn é não interagir com os seus contatos e tratar a rede social apenas como um repositório de currículos. Assim como outras redes sociais digitais, quanto mais ativo você for, maiores são as possibilidades de seu perfil se destacar. Faça postagens regularmente sobre a sua área de atuação ou comentando e recomendando leituras e notícias relacionadas ao mercado de trabalho. Aqui vale aquela máxima de ‘quem não é visto, não é lembrado’.

4 – Indicações e recomendações

“No LinkedIn você pode e deve utilizar esses recursos a seu favor. Além das recomendações de ex-colegas de trabalho e ex-gestores sobre as suas características, é muito importante pedir também indicações no perfil principal da conta. Assim, ao analisar o seu currículo o recrutador terá mais informações para levantar as suas habilidades e conversar com sua rede de contatos para saber um pouco mais sobre você”, afirma Christina Curcio.

5 – Novos Contatos

Não fique apenas esperando que os recrutadores te encontrem. Seja proativo e se conecte às empresas de Recursos Humanos que podem ter vagas ou costumam contratar na sua área. Além disso, se você tem alguma empresa em que sonha em trabalhar, o LinkedIn é uma ótima maneira de se aproximar. Neste caso, se conecte tanto ao perfil institucional quanto do setor de Recursos Humanos e de profissionais que trabalham na corporação. 

Além das dicas acima, Christina Curcio lembra que, dependendo da área em que o profissional atua, é importante deixar ainda o seu portfólio aberto no perfil. “É uma estratégia muito usada em algumas áreas como a Tecnologia da Informação e a Engenharia, por exemplo. Muitas vezes os projetos desenvolvidos são tão ou mais importantes do que o próprio currículo e visualizar o portfólio antes da entrevista ajuda muito na seleção dos profissionais”.


Leia também
Mercado Tech em 2024: O que as empresas esperam dos profissionais?
Mercado Tech em 2024: O que as empresas esperam dos profissionais?

As empresas de tecnologia estão cada vez mais em busca de talentos que não só possuam competências técnicas aprimoradas, mas […]

Por que apostar na automação e integração dos softwares?
Por que apostar na automação e integração dos softwares?

As empresas desenvolvedoras de softwares apostam cada vez mais na automação e na integração das suas ferramentas como um diferencial […]

Revolução das máquinas? Saiba se a Inteligência Artificial é mesmo uma ameaça para o mercado de trabalho
Revolução das máquinas? Saiba se a Inteligência Artificial é mesmo uma ameaça para o mercado de trabalho

A inteligência artificial e sua usabilidade, especialmente no caso do ChatGPT, têm se tornado uma preocupação para determinados grupos no […]

5 desafios de trade marketing: Como as empresas devem se preparar para 2024
5 desafios de trade marketing: Como as empresas devem se preparar para 2024

Atualmente, superar os desafios do Trade Marketing, que se solidifica como uma tática indispensável para as empresas que desejam alcançar […]

Gartner prevê que receita mundial de semicondutores crescerá 17% em 2024
Gartner prevê que receita mundial de semicondutores crescerá 17% em 2024

O Gartner, líder mundial em pesquisa e aconselhamento para empresas, prevê que a receita global de semicondutores deve crescer 16,8% em 2024, […]