Gamer

Gamers brasileiros ainda preferem consoles a celulares, aponta pesquisa

Pesquisa do NZN Intelligence também levantou gêneros preferidos, frequência semanal dedicada aos games e quanto os usuários estão dispostos a gastar com jogos eletrônicos

Apesar do crescimento do uso de smartphones no Brasil – são 242 milhões de celulares inteligentes em uso no país, para cerca de 215 milhões de habitantes, segundo dados da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) – os brasileiros ainda preferem os consoles para jogar videogame. É o que aponta pesquisa do NZN Intelligence realizada no fim de setembro de 2022.

Continua após o anúncio

41,9% dos respondentes do levantamento afirmaram que os consoles são a plataforma preferida para jogar. Já desktop e celulares são a preferência de 39,2% e 19%, respectivamente, dos gamers. A pesquisa foi aplicada por meio de formulário no site TecMundo, uma das verticais proprietárias da NZN, que coletou dados sobre idade, gênero e respostas específicas sobre o comportamento dos gamers. 

Para Vinicius Munhoz, editor do Voxel, canal do TecMundo sobre jogos eletrônicos, os consoles seguem como plataformas favoritas muito pelo fato de estarem associados a um sonho de consumo, como item de desejo. Ademais, os maiores lançamentos e games de peso ainda estão concentrados nos consoles. Apesar disso, o uso dos celulares nesse nicho vem crescendo.

“Os jogos de console e PC [personal computer], e os próprios dispositivos, são bem caros, não sendo acessíveis para a renda média brasileira. No celular, o usuário consegue jogar até mesmo games de peso, em nuvem, dependendo apenas da conexão à Internet e da assinatura de um serviço”, afirma.

Também editor do Voxel, Ruan Segretti corrobora a resposta de Munhoz, acrescentando que os smartphones, principalmente no Brasil, são a melhor porta de entrada para a indústria.

“Atualmente, há centenas de jogos de PC e consoles com versões para smartphones exatamente para se chegar à faixa da população que não tem condições de adquirir uma plataforma mais cara. Com a popularização de serviços em nuvem, a tendência é que o mercado de ‘celulares gamers’ cresça. Mas entre as pessoas que têm condições de comprar um console ou um PC, estas acabam sendo mesmo as plataformas preferidas, em detrimento dos celulares”, pontua Segretti.

Hábito diário 

A respeito da frequência, 41,1% dos respondentes disseram jogar todos os dias, enquanto 32,2% jogam de 1 a 2 vezes na semana e 26,7% afirmaram se dedicar aos games de 3 a 4 vezes na semana. Por dia, 57,9% dos gamers jogam entre 1 e 3 horas, enquanto 25,9% preferem jogar por um período de 3 a 5 horas e 16,2% jogam por mais de 5 horas.

Outro achado interessante da pesquisa do NZN Intelligence foi que, apesar de tantas possibilidades de conexão, a maioria dos gamers brasileiros (51,2% dos respondentes do estudo) preferem jogar sozinhos. Para 33,8%, o melhor é jogar com amigos, enquanto 15,1% alegaram jogar prioritariamente online, com desconhecidos.

Games de ação e aventura são os mais jogados

Sobre os tipos de games, com a possibilidade de escolher mais de uma opção de resposta, os jogos de ação e aventura têm a preferência de 71% dos gamers brasileiros, seguidos por RPG (50,6%), simulação (41,7%), estratégia (37,3%) e esporte (25,6%).

“Jogos de ação e aventura são coringas do entretenimento, além de serem normalmente mais amigáveis [em termos de jogabilidade] do que games de luta, corrida ou RPG, que exigem mais prática e domínio técnico. Por isso, esses gêneros, apesar de atingirem muitos jogadores, são mais nichados. A Sony é uma grande especialista em jogos de ação e aventura. Alguns exemplos são God of War, The Last of Us e Uncharted, um sucesso absoluto por serem mais amigáveis de se aprender a jogar e acompanhar”, comenta Ruan Segretti, do Voxel.

Para buscar informações sobre games, a maioria dos usuários disse recorrer, com a possibilidade de assinalar mais de uma opção, ao Youtube (70,3%). Google (58,6%), redes sociais (21,3%) e amigos e familiares (15,1%) vieram na sequência. Os gamers também se informam por lives (Twitch, Nimo TV, Facebook Gaming, entre outras plataformas), que somaram 14,3% das respostas.

Quanto os usuários estão dispostos a gastar com games?

Os respondentes do levantamento do NZN Intelligence foram questionados sobre a quantia mensal que eles estão dispostos – ou costumam – a gastar mensalmente em novos jogos ou atualizações. 50,1% disseram desembolsar até R$ 50, enquanto 25,1% responderam que gastam entre R$ 50 e R$ 100 e 9,4% afirmaram gastar entre R$ 100 e R$ 150. Apenas 7,3% desembolsam entre R$ 150 e R$ 300 e 8,1% podem gastar mais de R$ 300.

Composição dos dados

82,7% dos respondentes da pesquisa se identificam com o gênero masculino e 9,1% com o gênero feminino. 5% preferiram não responder. Quanto à faixa etária, a maioria dos participantes (45,3%) têm entre 18 e 24 anos; 32,7% têm entre 25 e 34 anos; 14% estão na faixa etária que abarca dos 35 aos 44 anos; 4% têm entre 45 e 54 anos; 2,3% dos respondentes têm entre 55 e 64 anos; e somente 1,7% está acima dos 65 anos. 

Fonte: NZN 

*Imagem: Pixabay


Leia também
Opera GX anuncia lançamento de game show inédito no Brasil com grandes nomes do cenário gamer

Opera GX anuncia lançamento de game show inédito no Brasil com grandes nomes do cenário gamer

O Opera GX acaba de lançar o game show Hot Tab Hero, gravado no Brasil pela primeira vez com grandes nomes do mundo gamer, como LubaTV, Jean...

Acer apresenta os novos notebooks gamers Nitro 16 e Nitro 17

Acer apresenta os novos notebooks gamers Nitro 16 e Nitro 17

A Acer anuncia os novos modelos de notebooks gamers Nitro 16 e Nitro 17. Projetados para fornecer aos gamers casuais um novo nível de...

Opera GX lança nova tecnologia 'RGX Mode' que garante nitidez de vídeos e imagens

Opera GX lança nova tecnologia 'RGX Mode' que garante nitidez de vídeos e imagens

Acompanhando diversos avanços gráficos feitos pelos principais fabricantes de Graphics Processing Units (GPU), o Opera GX,...

LOUD e DROPULL lançam plataforma de fãs para criadores de conteúdo

LOUD e DROPULL lançam plataforma de fãs para criadores de conteúdo

Já faz algum tempo que as principais redes sociais e plataformas de conteúdo do mundo passam por frequentes mudanças de...

Ver mais

Nenhum comentário no momento

Deixe um comentário