Museu de eletrônicos reúne relíquias que a Geração Z desconhece

Museu de eletrônicos
Imagem: divulgação / Coopermiti

Nascidos entre 1995 e 2010, a GenZ sabe tudo de internet mas não sabe usar computador de mesa, CD-ROM e outros avanços que já se tornaram passado

Parece pegadinha, mas os modernos computadores já se tornaram antiguidade para a Geração Z. Dados da pesquisa TIC Domicílios de 2023 mostram que, embora imersa em um mundo conectado, os nascidos entre 1995 e 2010, dominam os dispositivos móveis, mas não os computadores e os softwares profissionais utilizados nas empresas. O fato é que a tendência ilustra uma questão simples: toda novidade um dia se torna obsoleta.

Em São Paulo, a cooperativa de lixo eletrônico, Coopermiti mantêm um museu de antiguidades tecnológicas, para ensinar às novas gerações e reviver com as gerações passadas, um pouco da história do consumo de bens eletroeletrônicos, cultura digital, e, principalmente, sobre a importância do descarte consciente destes aparelhos que, um dia, já foram sonho de consumo para muitas famílias, assim como os smartphones são hoje.

Museu de eletrônicos - PC
Imagem: divulgação / Coopermiti

Diariamente, a Coopermiti recebe diversos aparelhos descartados e, entre eles, muitas vezes encontram verdadeiros tesouros que ajudam a remontar a história da tecnologia – tanto que viraram peça de museu. Atari 2600, Telejogo, Máquina de Datilografia e Telefone Telesp, são velhos conhecidos de quem viveu os anos 80, mas para as crianças e adolescentes são novidades. Todo o acervo fica localizado no galpão da Coopermiti, em São Paulo. A cooperativa leva a exposição itinerante para escolas, eventos e empresas, para alertar sobre as práticas de descarte consciente

“Muitas pessoas se assustam em como a tecnologia se transforma rapidamente, mas queremos destacar que essa velocidade significa mais lixo eletrônico. A cada lançamento, os modelos antigos são descartados, mas o real problema é que isso raramente é feito de maneira regular e sustentável. O e-lixo é nocivo à natureza e não deve ser jogado no lixo comum, tem local certo para o descarte”, afirma Alex Pereira, presidente da Coopermiti.

Tecnologias do passado

Para Alex Pereira, o mais surpreendente é perceber que as crianças e adolescentes quando têm acesso às peças do museu não fazem ideia do que são alguns aparelhos, mas assim que descobrem para que servem, acham a tecnologia supermoderna. “Elas entendem o funcionamento de um programa digital de música, mas é difícil explicar como a agulha da vitrola faz tocar a música de um disco de vinil”, conta.

A garotada entende que toda tecnologia vira passado em determinado momento, e, por isso, é importante conscientizar toda a família que componentes eletrônicos expostos em aterros sanitários ou mesmo em pontos de descarte irregular podem liberar substâncias tóxicas no solo e impedir o reaproveitamento de materiais pela indústria, o que diminuiria o impacto ambiental e a extração de elementos, como ferro, alumínio, ouro, utilizados nos sistemas eletrônicos.

Museu Itinerante

Para conhecer as relíquias guardadas no museu, a Coopermiti oferece o Museu Itinerante que passeia por creches, escolas, feiras e eventos, promovendo a conscientização sobre a importância de descartar corretamente eletrônicos – que não podem se misturar ao lixo comum. “O legal é que os visitantes acabam se tornando agentes de transformação em casa e na vizinhança, aliados de um futuro sustentável”, aponta o presidente da cooperativa que atua na cidade de São Paulo desde 2010.

O serviço oferecido pela Coopermiti ainda utiliza a arte para sensibilizar sobre a importância dos temas da sustentabilidade e reciclagem. Através de uma oficina com materiais que antes iriam parar no lixo, a Cooperativa ensina que com um pouco de atenção e cuidado, os objetos podem ser reaproveitados.

A Coopermiti também disponibiliza fotos das peças no Museu em seu site: https://coopermiti.com.br/museu-menu/

*Fonte: Coopermiti


Leia também
Lixo eletrônico e ESG: por que celular por assinatura é uma escolha consciente?
Lixo eletrônico e ESG: por que celular por assinatura é uma escolha consciente?

De smartphones a computadores, passando por tablets e dispositivos inteligentes, o mundo definitivamente está mais conectado do que nunca. No […]

Fones de ouvido da Lity são ideais para prática de exercícios físicos
Fones de ouvido da Lity são ideais para prática de exercícios físicos

A Lity, marca de eletrônicos e acessórios compatíveis com dispositivos de última geração, destaca a linha de fones de ouvido […]

Você sabia que alguns itens eletrônicos requerem tomada exclusiva?
Você sabia que alguns itens eletrônicos requerem tomada exclusiva?

Especialista explica que multiplicadores de tomadas não podem ser usados em todas as situações, pois há riscos que nem todos […]

Não seja surpreendido: 5 cuidados para proteger dados e arquivos no celular 
Não seja surpreendido: 5 cuidados para proteger dados e arquivos no celular 

Já não dá para imaginar a vida sem a praticidade dos smartphones. Os aparelhos se consolidam os melhores aliados para […]

Carregadores: saiba como escolher o tipo ideal para cada celular
Carregadores: saiba como escolher o tipo ideal para cada celular

O smartphone é indispensável e precisa de um carregador adequado. No Brasil, há mais celulares que habitantes, totalizando 242 mi aparelhos