JetBrains apresenta prévia pública do Fleet

Desenvolvedor
Imagem:

IDE ganhou suporte para C#, PHP e outras linguagens de programação, interface de usuário aprimorada e suporte inicial para CSS, SASS, linguagens estilo planilha LESS e para trabalhar com projetos em WSL

JetBrains, fornecedora global de ferramentas inteligentes para desenvolvedores e equipes de software, liberou para utilização pública uma prévia da próxima geração do Fleet, seu IDE de próxima geração. Anteriormente acessível apenas em prévia privada, o  Fleet foi desenvolvido para ser simples e inteligente, pronto para ser usado sem muitas configurações adicionais, mas leve e flexível ao mesmo tempo.

Inicialmente, o Fleet suportava Go, JS, Java, Kotlin, Python, Rust e TypeScript. Durante o período de prévia privada, o Fleet ganhou suporte para C#, PHP e outras linguagens de programação, uma nova interface de usuário aprimorada e um suporte inicial para CSS, SASS, linguagens estilo planilha LESS e para trabalhar com projetos localizados em WSL. A JetBrains também melhorou o suporte a idiomas baseados em TextMate e disponibilizou um mapa de teclas no estilo do IntelliJ IDEA no Fleet.

“O Fleet ainda está em sua infância, e há uma quantidade significativa de trabalho pela frente. No entanto, estamos anunciando hoje a primeira prévia pública do Fleet, que está acessível a todos. Temos dois motivos para abrir a versão prévia ao público em geral. Em primeiro lugar, não achamos certo que todos aqueles 137 mil que se inscreveram para a versão prévia privada continuem esperando ainda mais, mas também não faz sentido para nós convidar individualmente tantas pessoas. É mais fácil tornar a versão prévia publicamente acessível. Em segundo lugar, e o mais importante, sempre fomos uma empresa que desenvolve seus produtos de forma transparente. Não queremos que o Fleet seja diferente nesse aspecto”, comenta Hadi Hariri, vice-presidente de Developer Advocacy da JetBrains. 

O que é o Fleet?

O Fleet é um IDE (ambiente de desenvolvimento integrado) poliglota e um editor de código leve, projetado para fornecer funções dedicadas prontas para uso, sempre que necessário, com base num projeto específico em que se esteja trabalhando. Ele foi construído do zero usando a plataforma IntelliJ no back-end, uma interface de usuário inédita e uma arquitetura distribuída. Ele permite o desenvolvimento colaborativo, para que os desenvolvedores possam convidar facilmente seus colegas para trabalharem juntos, editar e depurar código e realizar revisões de código.

O Fleet também permite uma variedade de cenários de desenvolvimento remoto. É possível simplesmente executar o Fleet na própria máquina ou iniciar o backend na nuvem ou num servidor remoto para poder começar a programar imediatamente, sem perder tempo configurando o ambiente e lidando com o sistema de controle de versão.

O Fleet ainda está em fase de desenvolvimento e, nos próximos meses, a JetBrains trabalhará nas seguintes áreas do IDE:

  • Suporte para APIs e um SDK para autores de plug-ins: como o Fleet tem uma arquitetura distribuída, será preciso simplificar a abordagem para autores de plug-ins.
  • Desempenho: permitir que o Fleet tenha desempenho não só em termos de ocupação de memória, como também em tempo de resposta.
  • Temas e mapas de teclas: adicionar suporte para mais temas e mapas de teclas, além de emulação do Vim.

Para baixar o Fleet, você precisa usar o JetBrains Toolbox App. Caso haja algum problema durante a instalação ou utilização do IDE, a JetBrains preparou uma documentação do Fleet que pode ser acessada aqui. O usuário também pode enviar suas impressões e comunicar eventuais falhas pela opção Send Feedback (Enviar feedback) no menu Help (Ajuda) do Fleet.

Assista aqui o vídeo de demonstração do Fleet. 

*Imagem: Freepik


Leia também
Linguagens Tech: Como definir a melhor para o negócio?
Linguagens Tech: Como definir a melhor para o negócio?

Veja quais são as quatro principais linguagens de programação utilizadas no mercado atual e o que diferencia cada uma delas […]

GitHub avança na segurança do desenvolvimento de software com a introdução do Code Scanning Autofix
GitHub avança na segurança do desenvolvimento de software com a introdução do Code Scanning Autofix

Novo recurso abrange mais de 90% dos tipos de alerta em JavaScript, TypeScript, Java e Python, que são linguagens de […]

GitHub Copilot Chat já está disponível para organizações e indivíduos
GitHub Copilot Chat já está disponível para organizações e indivíduos

Todos os usuários do GitHub Copilot podem programar em linguagem natural com o Copilot Chat sem custo adicional Previamente anunciado […]

Truques básicos de CLI que toda pessoa desenvolvedora deveria saber para aumentar a produtividade
Truques básicos de CLI que toda pessoa desenvolvedora deveria saber para aumentar a produtividade

A CLI (interface de linha de comando) é uma ferramenta poderosa para desenvolvedores, oferecendo flexibilidade e controle

GitHub anuncia suporte para Swift e amplia segurança para apps móveis
GitHub anuncia suporte para Swift e amplia segurança para apps móveis

Os aplicativos móveis são essenciais no cotidiano, influenciando como trabalhamos, nos comunicamos e nos divertimos. Com o GitHub Mobile, desenvolvedores têm acesso fácil ao código de qualquer lugar