Como criar uma conexão com o banco de dados usando uma conexão PDO e incluindo uma página de um possível erro com o banco

Como criar uma conexão com o banco de dados usando uma conexão PDO e incluindo uma página de um possível erro com o banco
Imagem:

Um dia eu estava em grupo na web, e uma certa pessoa estava com uma dúvida de como criar um arquivo php para uma conexão com o banco de dados. E foi por essa dúvida dessa pessoa que eu resolvi criar esse post de hoje. 

Esse modo de conexão é bem simples, não é difícil, é um método para iniciantes. 

Para uma demonstração de funcionamento deste tutorial, eu precisei criar três arquivos principais; index.php, erro.php, conexão.php. Usei outros arquivos, porém, vocês não precisam incluir, caso não queiram, certo?

Bom, no arquivo index.php, simula uma página. Eu escrevi exatamente este código-fonte: 

 

 

Como visto, nada demais. É simplesmente um código para demonstração, que não seria o foco neste tutorial. 

Beleza. Agora, vamos imaginar, que nessa página possuam informações que estão armazenadas em um determinado banco de dados, então, obviamente teremos que fazer uma conexão com esse banco. Vamos lá para o arquivo conexao.php! 

 Primeiramente, vamos abrir o arquivo seguindo com “” e fechando com “?>”. 


 Aqui iremos passar as variáveis que irão conter as informações do banco. Obsevação; como estou trabalhando no wamp que é um servidor local, vou passar essas informações nas variáveis; 


  $host = “localhost”;

   $nomeDoBanco = “tutorial”;

   $nomeDoUsuario = “root”;

   $senha = ” “;

?> 

Agora vamos passar essas variáveis para abrir a conexão com o banco. 


  try {

Aqui, se tudo estiver “ok”, essa parte vai executar a conexão. 

$conexao = new PDO(“mysql:host=$host;dbname=$nomeDoBanco“, “$usuario“, “$senha“);

Caso não, aqui será passado uma “execução” para tratar esse possível erro. 

catch(PDOException $e) {


echo Erro: “.$e->getMessage()

?> 

Pronto! Teoricamente estamos conectados com o banco, certo? Certo. Mas, e se constar algum problema nas informações passadas ou até mesmo uma existência de um problema interno no banco junto ao servidor? Teríamos na tela este erro no alto da nossa página. 

 


Ficaria um pouquinho feio mostrar esse erro para seus visitantes, vocês não acham? E que tal a gente amenizar esse possível erro com a exibição de uma página de erro? Então vamos lá para o arquivo erro.php! 

Essa página de erro também é simples, somente para exemplo. 

 

 

Agora vamos modificar o arquivo conexao.php, retirando a linha de código que mostra o erro. Vamos escrever um HEADER para se caso ocorra um erro, ao invés de imprimir o erro, o sistema irá nos levar para a página de erro.


 $host = “localhost”;

   $nomeDoBanco = “tutorial”;

   $nomeDoUsuario = “root”;

   $senha = ” “;

  try {

$conexao = new PDO(“mysql:host=$host;dbname=$nomeDoBanco“, “$nomeDoUsuario“, “$senha“);

} catch(PDOException $e) { 

header(“location:erro.php“);

?> 

Sempre que ocorrer o erro, seremos redirecionados para a página de erro, ok? Agora, para não ficarmos estacionados nessa página de erro, podemos colocar um outro HEADER para que ocorra um refresh na página da simples forma; ele vai contar 10 segundos e vai tentar nos encaminhar para a página principal(index.php) caso a conexão com o banco se estabeleça.    

    header(“refresh: 10; url = index.php“);
    ?> 

Esse código deve ser colocado de preferencia no topo do código-fonte da página de erro.php, ok?

Bom, espero que tenham gostado. Caso tenham alguma dúvida, posta aí nos comentários, que eu respondo. Sigam nossas redes sociais, Facebook, Twitter e Instagram. Assim vocês me motivam a continuar. Um forte abraço, até mais!



Leia também
Linguagens Tech: Como definir a melhor para o negócio?
Linguagens Tech: Como definir a melhor para o negócio?

Veja quais são as quatro principais linguagens de programação utilizadas no mercado atual e o que diferencia cada uma delas […]

GitHub avança na segurança do desenvolvimento de software com a introdução do Code Scanning Autofix
GitHub avança na segurança do desenvolvimento de software com a introdução do Code Scanning Autofix

Novo recurso abrange mais de 90% dos tipos de alerta em JavaScript, TypeScript, Java e Python, que são linguagens de […]

GitHub Copilot Chat já está disponível para organizações e indivíduos
GitHub Copilot Chat já está disponível para organizações e indivíduos

Todos os usuários do GitHub Copilot podem programar em linguagem natural com o Copilot Chat sem custo adicional Previamente anunciado […]

Truques básicos de CLI que toda pessoa desenvolvedora deveria saber para aumentar a produtividade
Truques básicos de CLI que toda pessoa desenvolvedora deveria saber para aumentar a produtividade

A CLI (interface de linha de comando) é uma ferramenta poderosa para desenvolvedores, oferecendo flexibilidade e controle

GitHub anuncia suporte para Swift e amplia segurança para apps móveis
GitHub anuncia suporte para Swift e amplia segurança para apps móveis

Os aplicativos móveis são essenciais no cotidiano, influenciando como trabalhamos, nos comunicamos e nos divertimos. Com o GitHub Mobile, desenvolvedores têm acesso fácil ao código de qualquer lugar