Novo estudo da ASG Technologies mostra que foco em Governança é o principal impulsionador das iniciativas de Gerenciamento de Dados

Novo estudo da ASG Technologies mostra que foco em Governança é o principal impulsionador das iniciativas de Gerenciamento de Dados
Imagem:

A ASG Technologies Group, Inc., empresa líder no fornecimento de soluções de acesso, gerenciamento e controle de informações, anuncia os resultados de seu mais novo relatório global, o The Future of Enterprise Data: Democratized and Optimized. Produzido a partir de pesquisa com 200 Chiefs Information Officer (CIOs), o relatório revela que a Governança é a principal preocupação dentro das empresas, com 50% dos entrevistados relatando que suas iniciativas de gerenciamento de dados estão “todas” ou “na maior parte” focadas neste item. Ainda de acordo com o levantamento, 53% dos líderes apontam que, embora suas operações tenham feito progressos ao lidar com dados pessoais em conformidade com as necessidades de segurança e a legislação, ainda há muito a ser feito para garantir que as informações estejam completamente em conformidade e seguras.

Com a implementação do General Data Protection Regulation (GDPR) pela União Europeia e vários países iniciando a divulgação de leis locais para proteção de dados, as empresas estão diante de uma enorme pressão para estabelecer e sustentar políticas de governança. Ao mesmo tempo, essas companhias precisam encontrar maneiras eficientes para analisar os dados já disponíveis de forma a impulsionar o desempenho e a competitividade de seus negócios.

Para superar esses desafios, 35% dos CIOs reportam que irão investir mais em governança de dados em 2019, e 28% dizem que vão aumentar os investimentos em Linhagem de Dados – que investiga e promove maior integridade às informações. O conjunto de soluções corporativas da ASG fornece essas capacidades chave, equipando as empresas para gerenciar consistentemente os ativos de dados à medida que se movimentam por toda a organização.

Além disso, o portfólio da ASG também conta com a suíte de Data Intelligence, que permite o rastreamento de dados em todo o seu ciclo de vida, garantindo a governança especialmente à medida que o acesso a dados de autoatendimento aumenta. Com as soluções Mobius e Systems, por exemplo, é possível acessar os dados a qualquer tempo, em qualquer lugar, uma necessidade crítica já que os próprios funcionários das empresas acessam cada vez mais os dados. Essas soluções permitem que os usuários descubram o registro histórico de seus dados e rastreiem suas origens, garantindo que sejam capazes de confiar nessas informações, independentemente de como tenham circulado por toda a organização.

Outras descobertas notáveis da pesquisa são as seguintes:

  • 70% dos CIOs que participaram da pesquisa reportaram a implementação de catálogos de dados com autoatendimento ou de ferramentas de Business Intelligence para permitirem aos usuários acessar e aproveitar os dados;
  • 50% dos CIOs acreditam que melhores ferramentas de gerenciamento de dados baseadas em autoatendimento podem reduzir pela metade as solicitações de dados dos usuários, aliviando as equipes de TI;
  • 81% das equipes de TI usam dados corporativos, comparado com 64% das equipes de finanças, 63% das equipes de marketing e 57% das equipes de desenvolvimento de negócios;
  • 66% dos CIOs informaram que apenas metade dos ativos de suas organizações estão disponíveis digitalmente e outros 30% informaram que apenas três quartos de seus dados já foram colocados em ambiente digital.

 

“As organizações precisam conhecer seus dados para conhecer seus negócios, mas também deveriam confiar em suas informações e garantir que estejam realmente cumprindo as novas regulamentações de privacidade”, diz Swamy Viswanathan, Vice-Presidente Executivo e CPO da ASG Technologies. “Os CIOs devem equilibrar a necessidade de confiança com a oportunidade de moldar seus negócios por meio de insights orientados por dados, tornando essas informações disponíveis para mais usuários e atendendo os requisitos de governança. Esta pesquisa mostra que os CIOs estão se concentrando nessas iniciativas importantes, aplicando mais automação à inteligência de dados e expandindo o acesso por meio de ferramentas de autoatendimento para encontrar, entender e usar os dados certos para a tarefa certa”, afirma.

O relatório é baseado em uma pesquisa realizada com 200 CIOs de grandes organizações, abrangendo vários setores como manufatura, tecnologia e serviços financeiros. A pesquisa enfocou as dificuldades que as organizações – e especificamente seus líderes – estão enfrentando devido ao volume de informações disponíveis. Essas dificuldades são frequentemente agravadas devido a pressões para cumprir um ambiente regulatório mais rigoroso.

O relatório completo foi divulgado durante a conferência anual de clientes da ASG, a EVOLVE18. Para baixar o arquivo completo (em inglês), clique aqui. As conclusões do levantamento também podem ser encontradas neste infográfico.


Leia também
Vincent Martella, o Greg de ‘Todo Mundo Odeia o Chris’, está confirmado no Imagineland 2024
Vincent Martella, o Greg de ‘Todo Mundo Odeia o Chris’, está confirmado no Imagineland 2024

Ator Vincent Martella atendeu ao convite dos fãs brasileiros e do influenciador Peter Jordan para vir pela primeira vez ao […]

Serpro e Porto Digital lançam módulo ‘Rise Up’ para formar talentos em TI
Serpro e Porto Digital lançam módulo ‘Rise Up’ para formar talentos em TI

Estatal inaugura novo capítulo na formação tecnológica em Recife com a oferta de uma disciplina em curso promovido pelo Senac. […]

Uber inaugura ponto de embarque na Rodoviária do Rio
Uber inaugura ponto de embarque na Rodoviária do Rio

A concessionária que administra o terminal carioca e a Uber inauguram a primeira área para o embarque de passageiros em […]

A era das digital skills: desenvolvimento de habilidades tech em profissionais que não são de tecnologia
A era das digital skills: desenvolvimento de habilidades tech em profissionais que não são de tecnologia

Atualmente, não há como negar que o bom profissional é aquele que se adapta às transformações do mercado e adquire […]

Claro tem a 4ª marca mais valiosa do Brasil
Claro tem a 4ª marca mais valiosa do Brasil

A Claro está entre as Marcas Mais Valiosas do País, segundo o estudo Kantar Brandz, divulgado na quarta-feira (13). A […]