Detox digital: 3 dicas para se desconectar do on e se conectar com o off

Detox digital: 3 dicas para se desconectar do on e se conectar com o off
Imagem: Divulgação / Letícia Bufarah

Apesar de facilitar a rotina, quando usadas excessivamente, as telas podem se tornar vilões à saúde e ao bem-estar, causando desde problemas físicos como danos à visão, ao punho e à coluna cervical até insônia e ansiedade.   

A propósito, quando o assunto é o tempo desmedido no mundo on-line, o Brasil já conquistou o segundo lugar entre os países mais “viciados” em internet do mundo. Segundo a pesquisa global da Meltwater e We Are Social, em 2022, os brasileiros passaram, em média, 572 minutos (9 horas e 32 minutos) conectados por dia. Ficaram atrás apenas dos sul-africanos, que lideraram a corrida do vício por conexão por seis minutos de diferença, com a média de 578 minutos (9 horas e 38 minutos) gastos no universo virtual por dia. O terceiro lugar ficou com as Filipinas, que gastaram uma média de 554 minutos (9 horas e 14 minutos). 

Por que fazer o detox digital   

Em uma sociedade cada vez mais dependente dos meios tecnológicos, por mais difícil que pareça, o chamado detox digital, ou seja, uma pausa das telas, das redes sociais e das videoconferências por um período, é um desafio que, segundos especialistas, pode resultar: na redução da ansiedade causada pela hiperconectividade; melhora do foco, concentração e  padrões de sono; aumento da produtividade e da organização das rotinas cotidianas; e redução de sintomas de estresse, como irritabilidade, dispersão e fadiga.  

Como colocar em prática?  

1 – Estabeleça metas realistas: é possível se desconectar por um breve momento todos os dias, como uma hora depois de acordar ou, quem sabe, duas horas antes de dormir. Outra possibilidade é estender a desintoxicação digital, tirando um dia da semana para não acessar redes sociais, por exemplo. Para não abrir brechas, vale comunicar às pessoas mais próximas que estará indisponível naquele período e que devem ligar, caso seja realmente urgente. Escolha o que for mais fácil de incluir na rotina e vá aumentando aos poucos, criando hábitos.  

2 – Deixe o celular de lado em momentos do cotidiano: o uso demasiado da internet e das ferramentas digitais pode atrapalhar as conexões da vida real. Na hora de fazer as refeições, por exemplo, guarde o smartphone para aproveitar melhor o momento e as companhias; durante uma visita também procure dar a devida atenção à pessoa sem mexer no aparelho com frequência; até mesmo quando estiver no banheiro, troque o celular por um livro, ou as redes sociais por um e-book.  

3 – Pratique novas atividades: invista em tarefas que substituam o uso do celular e da internet e sejam prazerosas durante o detox, inserindo novas atividades à rotina. Exercícios físicos, meditação, pintura, jardinagem, caminhada ou corrida ao ar livre e assim por diante. Reunir a família ou amigos para assistir à um filme, conversar ou cozinhar uma refeição também é uma boa pedida. Além de ajudar a estreitar os laços, contribui na construção de memórias e na melhora da saúde física e mental. 

*Por Letícia Bufarah 


Leia também
Vincent Martella, o Greg de ‘Todo Mundo Odeia o Chris’, está confirmado no Imagineland 2024
Vincent Martella, o Greg de ‘Todo Mundo Odeia o Chris’, está confirmado no Imagineland 2024

Ator Vincent Martella atendeu ao convite dos fãs brasileiros e do influenciador Peter Jordan para vir pela primeira vez ao […]

Serpro e Porto Digital lançam módulo ‘Rise Up’ para formar talentos em TI
Serpro e Porto Digital lançam módulo ‘Rise Up’ para formar talentos em TI

Estatal inaugura novo capítulo na formação tecnológica em Recife com a oferta de uma disciplina em curso promovido pelo Senac. […]

Uber inaugura ponto de embarque na Rodoviária do Rio
Uber inaugura ponto de embarque na Rodoviária do Rio

A concessionária que administra o terminal carioca e a Uber inauguram a primeira área para o embarque de passageiros em […]

A era das digital skills: desenvolvimento de habilidades tech em profissionais que não são de tecnologia
A era das digital skills: desenvolvimento de habilidades tech em profissionais que não são de tecnologia

Atualmente, não há como negar que o bom profissional é aquele que se adapta às transformações do mercado e adquire […]

Claro tem a 4ª marca mais valiosa do Brasil
Claro tem a 4ª marca mais valiosa do Brasil

A Claro está entre as Marcas Mais Valiosas do País, segundo o estudo Kantar Brandz, divulgado na quarta-feira (13). A […]