Durante o calor, saiba como melhorar o desempenho do ar-condicionado e de outros equipamentos

Ar-condicionado
Imagem: Freepik

Ar-condicionado ainda é o maior consumidor de energia elétrica, mas usando da forma correta, a conta de luz pode ter um valor reduzido

O verão está chegando e a previsão é de que tenhamos um dos verões mais quentes das últimas décadas. Com temperaturas acima da média em praticamente todos os estados do país, muitos irão utilizar de alguns recursos para se refrescar, sendo os principais, o uso do ar-condicionado, climatizadores e ventiladores. De acordo com Rodrigo Bernardello, professor de Engenharia Mecânica da FEI (Fundação Educacional Inaciana Pe. Sabóia de Medeiros), devemos tomar alguns cuidados, a fim de refrescar melhor o ambiente e evitar gastos excessivos na conta de luz.

Entre os maiores vilões das contas de luz, está o ar-condicionado. Muitas pessoas têm dúvidas de como usá-lo de uma maneira consciente, a fim de evitar o gasto excessivo. Para o professor da FEI, o aparelho não deve estar em temperaturas muito baixas, mas sim por volta de 23°C e portas e janelas bem fechadas para que o ar gele mais rápido, não havendo uma exigência maior do que a necessária para o equipamento. Outra atitude que deve ser tomada é sempre desligar o ar-condicionado quando não houver pessoas no ambiente.

Para se ter ideia, um ar-condicionado de 12mil BTUs pode consumir até 330 reais a mais na conta de luz se usado na potência máxima. Por isso, o ideal é colocar na maior temperatura possível que a pessoa fique confortável. Para cada grau que deixamos a mais, a economia na conta de luz pode variar de 3% a 10%.

Talvez o item mais usado, os ventiladores possuem um gasto de energia bem menor, já que se ligado 8h por dia, durante todos os dias do mês, o aumento na conta de luz seria de cerca de 20 reais, porém, o ventilador só dá uma sensação de frescor, não reduzindo a temperatura ambiente, devendo ser desligado ao sair do local, já que ficar circulando o ar quente pode piorar ainda mais o calor.

O Climatizador, embora seja um pouco mais caro que o ventilador, ele, de fato, refresca de dois a cinco graus a temperatura do ambiente. O equipamento possui uma bandeja com água e um filtro que absorve essa água e transfere para o ambiente, fazendo com que a temperatura diminua. O item não é aconselhado para locais muito úmidos, pois como sua função é justamente umedecer o ar, pode ser que ele perca o desempenho e não diminua o calor, sendo mais indicado para locais secos. O ideal, ainda, é deixar janelas e portas abertas, diferentemente do indicado para o ar-condicionado. Fazendo a comparação de gastos, ao final do mês, ligado também oito horas por dia, um climatizador pequeno consome cerca de 15 reais de energia, ainda menos do que o ventilador.

“No final, o que vale é o uso consciente e adequado de cada equipamento, para que eles possam atender as expectativas do usuário e, ao final do mês não haja sustos com uma conta de luz muito cara em decorrência do mau uso desses aparelhos” finaliza o professor da FEI.


Leia também
Vincent Martella, o Greg de ‘Todo Mundo Odeia o Chris’, está confirmado no Imagineland 2024
Vincent Martella, o Greg de ‘Todo Mundo Odeia o Chris’, está confirmado no Imagineland 2024

Ator Vincent Martella atendeu ao convite dos fãs brasileiros e do influenciador Peter Jordan para vir pela primeira vez ao […]

Serpro e Porto Digital lançam módulo ‘Rise Up’ para formar talentos em TI
Serpro e Porto Digital lançam módulo ‘Rise Up’ para formar talentos em TI

Estatal inaugura novo capítulo na formação tecnológica em Recife com a oferta de uma disciplina em curso promovido pelo Senac. […]

Uber inaugura ponto de embarque na Rodoviária do Rio
Uber inaugura ponto de embarque na Rodoviária do Rio

A concessionária que administra o terminal carioca e a Uber inauguram a primeira área para o embarque de passageiros em […]

A era das digital skills: desenvolvimento de habilidades tech em profissionais que não são de tecnologia
A era das digital skills: desenvolvimento de habilidades tech em profissionais que não são de tecnologia

Atualmente, não há como negar que o bom profissional é aquele que se adapta às transformações do mercado e adquire […]

Claro tem a 4ª marca mais valiosa do Brasil
Claro tem a 4ª marca mais valiosa do Brasil

A Claro está entre as Marcas Mais Valiosas do País, segundo o estudo Kantar Brandz, divulgado na quarta-feira (13). A […]