Os Cursos Online Podem Substituir os Cursos Presenciais?

Por: Colaborador externo Leitura 4 min 31 Jan, 2020 Cotidiano 0 2.601

É cada vez maior o número de pessoas que buscam cursos online. Dados do último censo apontam que em 2016 e 2017 essa modalidade cresceu 17,6% no Brasil, somente na graduação. O índice representa quase 2 milhões de brasileiros matriculados em um curso superior a distância.

Não são somente as graduações e pós-graduações que percebem esse fenômeno. Os chamados “cursos livres” ou de “extensão” também viram a procura subir. Razões não faltam para que isso aconteça, mas o custo mais acessível e a maior variedade na oferta sem dúvida estão entre elas. 

Continua após o anúncio

Cursos online: por que eles são o presente e o futuro? 

Há muitos motivos para acreditarmos que os cursos online representarão a maior parcela dos estudantes matriculados no futuro. As gerações atuais vivem um momento de transição, mas as gerações mais novas já nasceram em um contexto no qual o ensino a distância já é encarado com naturalidade.

Some a isso os avanços tecnológicos e o acesso cada vez mais facilitado a internet e o resultado é um público que vê no ensino online a primeira opção, e não uma alternativa. Assim, é de se imaginar que dentro de alguns anos, esse formato possa representar a preferência da maioria das pessoas. 

As principais vantagens do ensino a distância 

Podemos elencar diversos fatores que comprovam que o ensino a distância é mais vantajoso se comparado ao ensino presencial. Ambos são capazes de entregar para o estudante um ensino de qualidade e suas certificações têm o mesmo peso, tanto na academia quanto no mercado. 

Cursos com preços mais acessíveis 

A realização de um curso online demanda menos investimento em infraestrutura. Isso resulta em menores custos operacionais para quem os organiza e essa economia pode ser repassada para o consumidor. As mensalidades dos cursos online costumam ser até 40% mais baratas.

Essa característica permite que um número maior de pessoas tenham acesso a oportunidades educacionais. É grande o número de estudantes que estava fora dos bancos escolares, pelas mais diversas razões, que voltou a estudar via internet. 

Flexibilidade: estude em qualquer lugar 

Para quem trabalha o dia todo e precisa cuidar da família, encontrar tempo para se dedicar aos estudos não é uma tarefa simples. O simples deslocamento de casa ou de trabalho para a escola somado às horas dedicadas ao estudo afastam muitos dessa rotina puxada.

Os cursos online resolvem esse problema ao levarem o ensino para qualquer lugar. Em casa, no caminho para o trabalho ou antes de dormir, basta pegar o celular e assistir ao conteúdo. Essa facilidade otimiza a rotina e permite que mesmo os mais ocupados consigam tempo para investir em qualificação profissional. 

Ampla oferta: variedade e especificidade 

Certos tipos de curso têm demanda limitada no mercado e muitas vezes é inviável para as instituições de ensino criarem cursos que terão poucos alunos matriculados. Nas cidades menores esse problema é ainda mais comum e resulta em uma baixa oferta.

A educação a distância também resolve esse problema. Ao permitir que um curso seja acessado por usuários do Brasil todo, mesmo moradores de pequenas cidades passam a ser contemplados. Cursos de nicho tem espaço para prosperar e o grau de especialização aumenta. 

Nova abordagem educacional 

Não é uma regra, mas na modalidade presencial é comum vermos alunos que frequentam as aulas apenas “para não ganharem falta”. Na prática, muitos estão em sala de aula desinteressados ou com o pensamento distante – o que se reflete em uma baixa aquisição de conteúdo.

No ensino a distância, a forma de aquisição de conteúdo é proativa e não reativa. Em outras palavras, o usuário consome o conteúdo quando quer, onde quer e como quer. O simples fato de tirar essa “obrigação” das costas do estudante contribui para que ele seja mais produtivo.

Os cursos online requerem uma nova forma de estudar. É preciso assistir e prestar atenção aos vídeos e ler os materiais complementares indicados. A obtenção de conhecimento depende única e exclusivamente da dedicação dos alunos.

O EAD é considerado uma metodologia voltada para quem quer resultados, e não apenas para quem quer certificados. 

Em enorme potencial de desenvolvimento

Se pensarmos que a educação a distância se tornou uma realidade para a maioria dos brasileiros há pouco mais de uma década, veremos que ainda há muitas possibilidades de desenvolvimento para ela. Todos os dias novas ferramentas são criadas e metodologias são testadas.

A ideia é aperfeiçoar os cursos online de tal forma que eles possam, de fato, ser vistos como substitutos aos cursos presenciais. Determinar o fim do ensino presencial não só é prematuro como desnecessário, já que as duas modalidades podem coexistir.

Porém, parece não haver dúvidas que a ideia de facilitar a vida dos estudantes e permitir que um número cada vez maior de pessoas tenha acesso à educação são fatores cruciais para o desenvolvimento da EAD.

Bem-vindo à nova era do ensino

Se você ainda não teve a oportunidade de conhecer como funciona o ensino a distância, faça um teste. Não é porque você está fisicamente distante de um professor que não há como aprender. Pelo contrário. As exigências podem ser até mesmo maiores por conta disso.

Cursos online com certificado são amplamente reconhecidos no mercado de trabalho e têm o mesmo valor daqueles obtidos de forma presencial. Portanto, se você pode fazer cursos online pagando menos e adaptando-os melhor à sua rotina, por que insistir no caminho mais difícil? 

 

*Imagem: Pixabay

Compartilhar Deixar um comentário

Leia também


    Nenhum comentário no momento

    Comentar

    *O seu e-mail não será mostrado no comentário

© 2015 - 2022 - FalandoTech.com - Todos os Direitos Reservados

Movido com muito em Campos dos Goytacazes/RJ