Cotidiano

53,2% dos brasileiros entrevistados mandam mensagens durante o trabalho ou aula veja as situações mais inusitadas para 'teclar'

30 anos após o surgimento do SMS, pesquisa da Infobip mostrou que mensagens de texto são as queridinhas dos brasileiros quando o assunto é comunicação - seja por SMS ou aplicativos

É inegável como mandar mensagens de texto se tornou a forma de comunicação preferida do século XXI. É o que comprova a pesquisa realizada no Brasil pela Infobip, plataforma global de comunicação omnichannel na nuvem. 94,4% das pessoas prefere responder a uma mensagem de texto do que atender a uma ligação, seja por Whatsapp ou SMS - que este mês está completando 30 anos desde a sua criação. 

Continua após o anúncio

Os resultados, apesar de curiosos, não surpreendem. Afinal, quem nunca mandou uma mensagem durante uma reunião de trabalho ou aula que atire a primeira pedra - 53,2% dos entrevistados responderam já terem enviado uma mensagem nesse contexto. Além disso, cerca de 27% dos brasileiros já escreveram uma mensagem SMS enquanto seu avião decolava, 25,8% enquanto estavam em uma cerimônia de casamento, 22% durante um funeral e 31,7% enquanto dirigiam -  uma infração gravíssima, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), passível de multa e sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação. 

Uma coisa é certa: se quiser se comunicar com alguém de forma ágil e eficaz, mande uma mensagem. Esse é o principal insight da pesquisa, segundo Ivan Ostojic, Chief Business Officer da Infobip. “Quando falamos em comunicação entre empresas, ou ainda entre empresa e cliente, é vital entender que é preciso adequar o formato aos hábitos do receptor”, explicou ele. 

Conteúdo é rei 

Da mesma forma, Ivan comenta que não é suficiente prestar atenção somente ao formato de comunicação: “É preciso se atentar também ao conteúdo das mensagens, sejam elas privadas ou não”. A pesquisa da Infobip revelou, por exemplo, que mais de 65% dos brasileiros já enviou uma mensagem para a pessoa errada e se arrependeu. As consequências podem ser ainda mais sérias no caso dos 23% de brasileiros que contaram já ter enviado mensagens enquanto estavam alcoolizados, ou ainda os 38% que relataram terem utilizado emojis ou abreviações incorretas durante uma conversa sensível. 

Se em conversas de teor pessoal e privado essa situação já é considerada delicada, quando falamos em comunicação comercial, mais ainda. Soluções como o WhatsApp Business API surgem para suprir essa necessidade, conta o executivo da Infobip. 

“A Infobip provê suporte para marcas que queiram utilizar a ferramenta, além de oferecer outras soluções exclusivas como o Conversations, plataforma unificada com um perfil e histórico de atendimento para cada cliente - ou seja, todas as conversas e contatos que a pessoa teve com a marca em um só lugar”, explica Ivan. 

Ele compartilha ainda uma dica valiosa para as empresas que queiram usufruir das vantagens que a tecnologia oferece quando estão contatando clientes: “uma das melhores saídas para garantir um bom relacionamento é focar na personalização de atendimento, prestando atenção às demandas de cada cliente e entendendo qual o método que mais funciona com aquele indivíduo - daí a necessidade de contar com uma ampla gama de ferramentas”, finaliza. 

*Metodologia 

A pesquisa foi realizada pela Infobip com 250 brasileiros para investigar suas preferências quanto ao uso do celular para se comunicar, principalmente no que diz respeito a SMS’s, aplicativos de mensagens de texto e chamadas de voz. A pesquisa foi realizada por meio de um painel online em novembro de 2022. 

*Imagem: Pexels


Leia também
O que esperar da mobilidade urbana em 2023

O que esperar da mobilidade urbana em 2023

A área da locomobilidade urbana está em constante crescimento e se destaca na busca por inovação e novas...

5 aplicativos que são alternativas ao Twitter

5 aplicativos que são alternativas ao Twitter

Com a compra do Twitter, o novo proprietário, Elon Musk, já anuncia mudanças que serão implementadas na rede social. O...

10% das grandes empresas terão programas de proteção 'Zero Trust' até 2026

10% das grandes empresas terão programas de proteção 'Zero Trust' até 2026

A adoção de modelos de segurança 'Zero Trust' é uma prioridade para a maioria das...

Metaverso e Computação Quântica: os destaques da tecnologia em 2023

Metaverso e Computação Quântica: os destaques da tecnologia em 2023

Falar de tecnologia tem sido cada vez mais fácil nos tempos atuais, afinal, essa é uma área de destaque que fomentou muito o...

Ver mais

Nenhum comentário no momento

Deixe um comentário