BRF reduz acidentes na logística agropecuária com tecnologia embarcada

BRF reduz em mais da metade o número de acidentes na logística agropecuária com uso de tecnologia embarcada
Imagem: Divulgação / Trimble

A BRF, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, reduziu os acidentes de sua frota agro, que utiliza tecnologia embarcada da Trimble. Em uma comparação entre Janeiro a Junho, os casos caíram cerca de 60% na operação logística agropecuária. O índice, que está em ritmo de queda em 2023, é resultado de um programa de investimento em tecnologia para a segurança dos motoristas e otimização das operações.

Um levantamento da Confederação Nacional dos Transportes (CNT) apontou que em 2022 o custo com acidentes em rodovias federais foi R$ 12,9 bilhões e o número total de acidentes, de 64.447. A BRF conseguiu a redução de mais da metade dos acidentes registrados utilizando telemetria e câmeras com Inteligência Artificial (IA) que permitem identificar sonolência e distrações, como o uso de celular pelo motorista. 

“A BRF conta com um programa de segurança logística desde 2011, que traz uma gama importante de ações e inovações na prevenção de acidentes, incluindo um movimento para aumentar a tecnologia embarcada na frota. Desta forma, recentemente conseguimos garantir que 100% da frota agropecuária esteja rodando com sistema de telemetria e sistema de fadiga,” explica Cezar Felipak, gerente de Logística CIEX Agropecuário da BRF. 

A frota agropecuária da BRF é composta por 1,7 mil veículos. Ao todo, os 3,3 mil motoristas percorrem em média de 14 milhões de quilômetros por mês, em cerca de 95 mil viagens realizadas para dar conta das entregas, que correspondem às principais no setor alimentício do Brasil. 

Aumento na procura

Rony Nery, diretor da Trimble Transportation Latam, empresa responsável pela tecnologia utilizada pela BRF, explica que a procura por telemetria e videomonitoramento vem crescendo. “Do ponto de vista da gestão de frotas, cada acidente pode acarretar prejuízos em diversas frentes, como reparos de veículos, danos materiais, acionamentos jurídicos e de seguro. Em média, um acidente pode sozinho custar mais de R$ 1 milhão, dependendo das proporções, falando somente em danos materiais, sem entrar no irreparável, que é a vida,” explica o diretor da Trimble Transportation. 

A empresa é referência em tecnologia voltada ao transporte e logística e tem atuação com empresas de bebidas e alimentos, sucroenergético, mineração e siderurgia. Entre as soluções oferecidas aos gestores de frotas, estão recursos de produtividade e análise de dados extraídos das operações para embasar tomadas de decisões precisas. No portfólio, o recurso de predição de acidentes vem recebendo destaque entre gestores de grandes operações.

Com uma leitura detalhada feita pela IA do histórico de cada motorista, o recurso aponta qual é a probabilidade de que ele se envolva em algum acidente. Os dados usados são extraídos dos sistemas de telemetria e do monitoramento por vídeo embarcados no caminhão, analisados pela IA e reunidos em uma interface prática de Business Intelligence (BI) própria para os administradores. 

*Fonte: Trimble 

 


Leia também
Evento Agro: Tecnoshow COMIGO 2024 movimentou R$ 9,34 bilhões
Evento Agro: Tecnoshow COMIGO 2024 movimentou R$ 9,34 bilhões

Após cinco dias de evento e uma movimentação de R$ 9.340 bilhões em negócios, chega ao fim a 21ª edição […]

Projeto Nossa Isca tem segunda edição na Baixada Santista
Projeto Nossa Isca tem segunda edição na Baixada Santista

Iniciativa capacita pescadores, promove geração de renda e tem financiamento do BNDES No mês de março, teve início a segunda […]

Tecnoshow Comigo: Fabricante argentina de plantadeiras estreia no Brasil
Tecnoshow Comigo: Fabricante argentina de plantadeiras estreia no Brasil

Crucianelli, que recentemente anunciou uma joint venture com o Grupo Piccin, de São Carlos-SP, para a fabricação de equipamentos em […]

Agronegócio: Rio Grande do Sul almeja aumentar a área irrigada em 100 mil hectares
Agronegócio: Rio Grande do Sul almeja aumentar a área irrigada em 100 mil hectares

Para reduzir cada vez mais os impactos das estiagens, Governo do Estado anunciou R$ 213,2 milhões de subvenção para incentivar […]

O novo papel do engenheiro agrônomo na era digital
O novo papel do engenheiro agrônomo na era digital

No ambiente dinâmico do agronegócio moderno, a função do engenheiro agrônomo como consultor está em constante evolução, impulsionada principalmente pelo […]